Compartilhe com seus amigos.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Cânticos Liturgia II - Missa "Eu nasci pra te amar" - Final

Partitura

Letra
1. A missa terminou,
Tua casa eu vou deixar.
Mas sei que vais comigo, Senhor, vais me acompanhar.

2. Pra minha casa eu vou, Vou alegre a cantar.
Senhor, eu vou contigo,
No domingo eu vou voltar.

3. Senhor, sei que vais comigo, Levo-te no coração.
Vou trazer-te mais amigo,
Vou trazer-te meu irmão.

Áudio


Liturgia II é um CD infantil com cinco missas: Cantemos com Alegria; Cantando a Palavra Deus; Eu sou Feliz, tu és Feliz!; É Natal no Coração e Eu Nasci pra te Amar. As canções à participação das crianças e as melodias, fáceis e empolgantes, estimulam o envolvimento da criançada nas celebrações eucarísticas. Este cd você encontra na Paulus assim como a partitura para download
Leia a matéria completa aqui ►

Cânticos Liturgia II - Missa "Eu nasci pra te amar" - Comunhão

Partitura
Letra
Refrão: Ó meu Deus,
Eu nasci pra te amar (bis).

1. Tenho os olhos pra te ver, Olhos da imaginação.
Não te vê quem não quer, É só prestar atenção.

Refrão: Ó meu Deus...
2. Estás lá no infinito, Numa estrela, no luar.
Em tudo o que é bonito, Estás em todo o lugar.

Refrão: Ó meu Deus...

3. Na concha pequenina Ou num grão de areia estás.
Nas flores da campina Ou na brisa estarás.

Refrão: Ó meu Deus...

4. Eu posso te sentir Na imensidão do mar.
Num bebê a sorrir Ou num pássaro a cantar.

Refrão: Ó meu Deus...

5. No incenso a subir Entre as flores de um altar. 
Eu posso te ouvir No silêncio a me falar.

Refrão: Ó meu Deus...

6. Ao mundo eu sei que vim Pra te amar e te servir.
Eu sei: deste pra mim O amor que não tem fim.

Refrão: Ó meu Deus...

7.0 pão que tu me dás, Pra minha alma alimentar,
É o pão do amor, da paz, Que só tu me podes dar.

Refrão: Ó meu Deus...

Áudio


Liturgia II é um CD infantil com cinco missas: Cantemos com Alegria; Cantando a Palavra Deus; Eu sou Feliz, tu és Feliz!; É Natal no Coração e Eu Nasci pra te Amar. As canções à participação das crianças e as melodias, fáceis e empolgantes, estimulam o envolvimento da criançada nas celebrações eucarísticas. Este cd você encontra na Paulus assim como a partitura para download
Leia a matéria completa aqui ►

Cânticos Liturgia II - Missa "Cantando a Palavra de Deus" - Paz

Partitura

Letra
1. Está na hora, de nos cumprimentar, Nos desejando a paz do Senhor. Nossa amizade deve aumentar, Com este lindo gesto de amor.

Refrão: Oi! Meu irmão, muita paz!
Oi! Minha irmã, muita paz! (bis). Tudo de bom pra você! (bis)

Áudio



Liturgia II é um CD infantil com cinco missas: Cantemos com Alegria; Cantando a Palavra Deus; Eu sou Feliz, tu és Feliz!; É Natal no Coração e Eu Nasci pra te Amar. As canções à participação das crianças e as melodias, fáceis e empolgantes, estimulam o envolvimento da criançada nas celebrações eucarísticas. Este cd você encontra naPaulus assim como a partitura para download
Leia a matéria completa aqui ►

Cânticos Liturgia II - Missa "Eu nasci pra te amar" - Ofertório

Partitura

Letra
1. Senhor, a gente não sabe te agradecer, Ensina a gente a te dizer Que o amor das crianças É todo teu.

2. Senhor, aqui nós estamos para aprender tua lição. Nós queremos saber de cor. A lição do evangelho do teu amor.

3. Senhor, aceita a vontade de te servir. Ensina a gente a retribuir Com bondade e alegria o teu amor.

4. Senhor, se os grandes não derem pra nós o exemplo, cm nós eles vejam, Senhor, Teu templo e por nós cheguem a ti E te encontrem, Senhor


Áudio



Liturgia II é um CD infantil com cinco missas: Cantemos com Alegria; Cantando a Palavra Deus; Eu sou Feliz, tu és Feliz!; É Natal no Coração e Eu Nasci pra te Amar. As canções à participação das crianças e as melodias, fáceis e empolgantes, estimulam o envolvimento da criançada nas celebrações eucarísticas. Este cd você encontra na Paulus assim como a partitura para download
Leia a matéria completa aqui ►

Cânticos Liturgia II - Missa "Eu nasci pra te amar" - Aclamação

Partitura

Letra
Refrão: Aleluia! Aleluia!
Aleluia! Aleluia! (bis)

1. Fala, Senhor, vem nos ensinar.
Tua palavra vamos ouvir.
Fala, Senhor, vamos te escutar.
A tua palavra nós vamos seguir (bis).

Refrão: Aleluia! Aleluia!...

Áudio


Liturgia II é um CD infantil com cinco missas: Cantemos com Alegria; Cantando a Palavra Deus; Eu sou Feliz, tu és Feliz!; É Natal no Coração e Eu Nasci pra te Amar. As canções à participação das crianças e as melodias, fáceis e empolgantes, estimulam o envolvimento da criançada nas celebrações eucarísticas. Este cd você encontra na Paulus assim como a partitura para download
Leia a matéria completa aqui ►

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Cânticos " Celebração dos Amiguinhos de Jesus " - Aclamação

Crianças e Catequistas, aqui está o cântico de Aclamação para a nossa próxima missa da catequese dia 1º de Agosto. Este Cântico será o mesmo para a Primeira Eucaristia. Aprendam para cantarmos bem bonito, celebrando "O Dia que o Senhor fez para nós".

Letra
Antes da Leitura
Muito silêncio crianças, Deus agora vai falar. 
palavra de Deus que está na bíblia, 
Palavra santa que nós vamos escutar. 
Depois da Leitura
Está palavra que ouvimos,é palavra da verdade.
É pra gente vive-la com carinho, 
Para felizes nos unirmos de verdade.
Partitura

CD Encontro feliz e a festa dos amiguinhos de Jesus - Peq. Cantores Apucarana Este cd você encontra na Paulus assim como a partitura para download
Leia a matéria completa aqui ►

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Cânticos " Missa É Festa " - Glória

Crianças e Catequistas, aqui está o cântico do Glória para a nossa próxima missa da catequese dia 1º de Agosto. Este Cântico será o mesmo para a Primeira Eucaristia. Aprendam para cantarmos bem bonito, celebrando "O Dia que o Senhor fez para nós". 

Letra
Agora vamos todos dizer: Glória ao Pai, (bis) 
Somente por amor, somente por amor, Somente por amor nos criou. 
Agora vamos todos dizer: Glória ao Filho, (bis) 
Que remiu nossos pecados, que remiu nossos pecados, que remiu nossos pecados por amor. 
Agora vamos todos dizer: Glória ao Espírito, (bis) 
Que é vida, que dá vida, que é vida, que dá vida, que é vida, que dá vida ao nosso ser.
Partitura

CD Encontro feliz e a festa dos amiguinhos de Jesus - Peq. Cantores Apucarana Este cd você encontra na Paulus assim como a partitura para download

Leia a matéria completa aqui ►

terça-feira, 21 de julho de 2015

Cânticos " As crianças cantam a Páscoa e Pentecostes" - Perdão

Crianças e Catequistas, aqui está o cântico de perdão para a nossa próxima missa da catequese dia 1º de Agosto. Este Cântico será o mesmo para a Primeira Eucaristia.  Aprendam para cantarmos bem bonito, celebrando "O Dia que o Senhor fez para nós".  
Letra

1. Ó, Espírito de Deus, sinto agora que aqui estás
 Querendo corrigir meus erros e me ajudar a caminhar;
 Jesus ensina a rezar e a praticar o amor,
 Mas minhas faltas são tantas, Pai,
 à tua Palavra não dou valor.
REF.: Perdoa-me Senhor, pela falta de união.
 Quando o amor e o respeito
 não permanecem no meu coração;
 Perdoa-me, Jesus! Fortalece a minha fé,
 Abençoa minha vida, ó Jesus de Nazaré.
2. Ó, Espírito de Deus, sinto agora a tua luz
 A conduzir meus passos e levar-me até Jesus.
 Jesus ensina a perdoar e a viver em oração,
 Mas minhas faltas são tantas, Pai,
 não vivo em paz com meus irmãos.
3. Ó, Espírito de Deus, sinto teu sopro a envolver-me
 Querendo afastar de mim o egoísmo e proteger-me.
 Quero ser a sementinha que germina no teu Reino, Pai.


 Para florescer, crescer, ó Deus, e a teu lado construir a paz.
Com melodias ternas e letras que transmitem amor, gratidão e fé, o coral infantil Pequenos Cantores de Curitiba, sob a regência magistral de Irmã Custódia Maria Cardoso, apresenta o CD Crianças cantam a Páscoa e Pentecostes. Cada música é um convite à alegria e a coragem que são elementos indispensáveis para que possamos alcançar uma vida plena de justiça, paz e fraternidade. Este cd você encontra na Paulus assim como a partitura para download
Leia a matéria completa aqui ►

Cânticos Liturgia II - Missa "Eu nasci pra te amar" - Entrada

Crianças e Catequistas, aqui está o cântico de entrada para a nossa próxima missa da catequese dia 1º de Agosto. Aprendam para cantarmos bem bonito, celebrando "O Dia que o Senhor fez para nós". Mudamos o Bom dia para Boa Tarde por celebrarmos a tarde. Logo abaixo da Partitura está o Áudio no tom original.
Letra
1.Bom dia, irmão, bom dia! Bom dia de coração! A paz de Deus contigo esteja, Que ele nos veja, unidos, Bom dia repetir. 2. Bom dia, amanhecer! Bom dia, céu azul, Bom dia, sol, que o frio transforma em calor. Bom dia, verde mar! Bom dia, pescador! Bom dia, chuva, vem a terra molhar! 3. Bom dia, passarinhos em seus ninhos! Bom dia, riso ou pranto! Bom dia, viver! Bom dia, mãe que ao mundo traz esperança! Bom dia, ó criança que estás a nascer! Cantemos com alegria as coisas de Deus! Bom dia! Bom dia! Bom dia!
Partitura
Áudio
 Liturgia II é um CD infantil com cinco missas: Cantemos com Alegria; Cantando a Palavra Deus; Eu sou Feliz, tu és Feliz!; É Natal no Coração e Eu Nasci pra te Amar. As canções à participação das crianças e as melodias, fáceis e empolgantes, estimulam o envolvimento da criançada nas celebrações eucarísticas. Este cd você encontra na Paulus assim como a partitura para download
Leia a matéria completa aqui ►

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Anunciar o Evangelho é uma obrigação do discípulo.

Encontro de catequese do dia 5 de abril
Domingo da Ressurreição – Dia de Anunciar

Preparando o Ambiente – O Coração de Jesus, desenhado no isopor deve estar em lugar de destaque. Coloque uma vela ou círio, acesa, próximo ao coração. Prepare as sete chaves antecipadamente. 
1º Momento - O Pai bondoso acolhe seus filhos no colo com Amor
 Acolhida: Celebrar a Páscoa e fazer memória da paixão, morte e ressurreição de Cristo - é testemunhar nossa fé na vida, na vitória do bem. Por isso convidamos vocês para juntos entoarmos cantos alegres, celebrando a vitória do Salvador. Não é só celebrar, também somos convidados a testemunhar nossa fé por meio da prática do amor, da fraternidade, da solidariedade. Durante a quaresma fizemos um propósito de mudar de vida. Agora com a ressurreição de Cristo somos convidados  a dar um sentido novo a nossa vida, que seja marcada pelo otimismo, pela alegria, pelo compromisso de amor a Deus e aos irmãos.
Abertura: Hoje vamos dramatizar a ressurreição do Senhor. Precisamos de 2 Anjos, Jesus Cristo ressuscitado (vestido de branco), Maria Madalena e os dois discípulos. Panos brancos dobrados e colocados no pé do altar onde está o coração.
Oração Inicial: As crianças devem persignar-se com o auxílio dos catequistas. 
Catequistas: Repitam comigo. Alegremo-nos todos! O Senhor ressuscitou! Aleluia! Com esses sentimentos, queremos celebrar a nossa Páscoa. A nossa vida agora é só ALEGRIA. Vejamos as palavras chaves que já utilizamos: (Relembrar as palavras) Para que a nossa ALEGRIA seja completa precisamos da última chave. Sabe quem vai nos dar a última chave? O Próprio Jesus.
Catequistas: Senhor nosso Deus, que pelo vosso Espírito ressuscitastes o vosso Filho, nós Vos pedimos: não deixeis de nos assistir com a força desse mesmo Espírito Santo, para que, ressuscitados como homens novos, saibamos testemunhar Cristo, vivo e atuante no mundo. Ele que é Deus convosco, na unidade do Espírito Santo
Crianças:. Ó Deus de grande misericórdia e bondade infinita. Eis que hoje venho suplicar pela Vossa misericórdia as graças necessárias para mim e meus familiares: Jesus Ressuscitado rolai as pedras do meu caminho para que eu possa anunciar a BOA NOVA da vossa ressurreição. Amém.
Todos: Alegremo-nos todos! O Senhor ressuscitou! Aleluia!
2º Momento – A Palavra de Deus é Luz para nós. Jo 20, 1-17.
Hoje a nossa leitura será dramatizada. Os Anjos ficam próximo ao coração. Jesus fica logo atrás para aparecer a Madalena. Madalena entra correndo enquanto é narrado o início (...) logo depois vem os dois discípulos. Os três se esbarram.
Narrador.: No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus bem de madrugada, quando ainda estava escuro. Ela viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo.  Então saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo que Jesus amava. 
Madalena.: Tiraram do túmulo o Senhor, e não sabemos onde o colocaram. (Maria sai para o lado e fica como que estivesse procurando alguma coisa. Enquanto é narrado os acontecimentos os discípulos vão fazendo os gestos. No começo de admiração e quando saírem devem sair alegres, dizendo: Ele ressuscitou!)
Narrador.:  Então Pedro e o outro discípulo saíram e foram ao túmulo.  Os dois corriam juntos. Mas o outro discípulo correu mais depressa do que Pedro, e chegou primeiro ao túmulo.  Inclinando-se, viu os panos de linho no chão, mas não entrou. Então Pedro, que vinha correndo atrás, chegou também e entrou no túmulo. Viu os panos de linho estendidos no chão  e o sudário que tinha sido usado para cobrir a cabeça de Jesus. Mas o sudário não estava com os panos de linho no chão; estava enrolado num lugar à parte. Então o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo, entrou também. Ele viu e acreditou.  De fato, eles ainda não tinham compreendido a Escritura que diz: “Ele deve ressuscitar dos mortos.” Os discípulos, então, voltaram para casa. 
(Maria volta para perto do túmulo chorando e quando Jesus fala ela se ajoelha e quando disser Mestre faz gestos de tocar nos pés de Jesus)
Narrador.:  Maria tinha ficado fora, chorando junto ao túmulo. Enquanto ainda chorava, inclinou-se e olhou para dentro do túmulo.  Viu então dois anjos vestidos de branco, sentados onde o corpo de Jesus tinha sido colocado, um na cabeceira e outro nos pés.  
Jesus.:  Mulher, por que você está chorando?
 Madalena.: Porque levaram o meu Senhor, e não sei onde o colocaram.
Narrador.:  Maria virou-se e viu Jesus de pé; mas não sabia que era Jesus. 
Jesus.: Mulher, por que você está chorando? Quem é que você está procurando?
Madalena.: Se foi o senhor que levou Jesus, diga-me onde o colocou, e eu irei buscá-lo. 
Jesus.: Maria.
Madalena.: Mestre.
 Jesus.: Não me segure, porque ainda não voltei para o Pai. Mas vá ANUNCIAR aos meus irmãos: ‘Subo para junto do meu Pai, que é Pai de vocês, do meu Deus, que é o Deus de vocês. 
3º Momento – Abertura da Porta
Catequistas: Eis a palavra chave: Jesus dá uma ordem a Maria Madalena. O que ele Mandou que ela fizesse? Vá ANUNCIAR ! Então vamos pedir que Maria Madalena abra a última porta do Coração de Jesus! 
(Madalena coloca a chave na última porta e abre o coração, retira com cuidado o Evangelho que está dentro do coração e fala bem alto)
Madalena.: Alegria! Alegria! Alegrem-se todos! O Senhor ressuscitou! Aleluia! Aleluia!
4º Momento – Compromisso de um verdadeiro discípulo

Catequistas: A maior alegria do Discípulo é ver a ressurreição do Mestre. Hoje nos regozijamos de Alegria pela Ressurreição de Jesus, pois ELE prometeu que também ressuscitaríamos com ELE se acreditássemos. 
Crianças:. Ó que alegria! Hoje é o dia. Dia de meditar, de buscar, de agradecer, de plantar a paz. Dia de oração!!! De abrir as mãos, de abrir os braços e abraçar o irmão. Dia de recomeçar, de libertar, ANUNCIAR…
Todos: Alegrem-se todos! O Senhor ressuscitou! Aleluia! Aleluia! Uma feliz páscoa da ressurreição do amor a todos!!!!!!
Desafio para a semana: Anunciar a ressurreição de Jesus e  a alegria do Evangelho a todos que você encontrar. 
Tarefas: Faça uma entrevista com os seus professores e outra com seus pais. O que é Páscoa e quais são os seus símbolos? Escreva em seu caderno e apresente no próximo encontro.
Desafio para a vida: Para ser discípulo de Jesus, esta páscoa precisa ser renovada todos os domingos que é o dia em que o Senhor Ressuscitou.  
Encontros:  Jesus Ressuscitou! Jesus não morreu! Ressurreição

 A ressurreição de Cristo é o maior sinal do amor de Deus. Na época pouca gente acreditou. Agora está claro e fazemos das palavras de são Paulo, nossas: Ora, se nós pregamos que Cristo ressuscitou dos mortos, como é que alguns de vocês dizem que não há ressurreição dos mortos? “Se não há ressurreição dos mortos, então Cristo também não ressuscitou;  e se Cristo não ressuscitou, a nossa pregação é vazia e também é vazia a fé que vocês têm. Se os mortos não ressuscitam, então somos testemunhas falsas de Deus, pois estamos testemunhando contra Deus, ao dizermos que Deus ressuscitou a Cristo. Pois, se os mortos não ressuscitam, Cristo também não ressuscitou. E se
Cristo não ressuscitou, a fé que vocês têm é ilusória e vocês ainda estão nos seus pecados. E desse modo, aqueles que morreram em Cristo estão perdidos. Se a nossa esperança em Cristo é somente para esta vida, nós somos os mais infelizes de todos os homens.

Deus será tudo em todos - Mas não! Cristo ressuscitou dos mortos como primeiro fruto dos que morreram. De fato, já que a morte veio através de um homem, também por um homem vem a ressurreição dos mortos. Como em Adão todos morrem, assim em Cristo todos receberão a vida. Cada um, porém, na sua própria ordem: Cristo como primeiro fruto; depois, aqueles que pertencem a Cristo, por ocasião da sua vinda. 1 Cor. 15, 12-24 
Leia a matéria completa aqui ►

terça-feira, 14 de julho de 2015

Evangelizar é vontade de Deus

Catequese dos dias 28 e 29/mar Domingo de Ramos – Imitar
Evangelizar é vontade de Deus
Preparando o Ambiente – O Coração de Jesus, desenhado no isopor deve estar em lugar de destaque. Coloque uma vela ou círio, acesa, próximo ao coração. Prepare as sete chaves antecipadamente. 
1º Momento - O Pai bondoso acolhe seus filhos no colo com Amor
 Acolhida: Depois destas 5 semanas maravilhosas em que fomos recriados, morreu o velho que existia em nós e agora, renovados no Espírito Santo de Deus, vamos fazer o mesmo percurso que Jesus fez. Entrar de modo triunfante como Rei, aclamado pelo povo, para depois percorrer a via dolorosa do Tríduo Pascal: Paixão Morte e Ressuscitar com Cristo, nascendo uma nova pessoa.
Abertura: As crianças de hoje não sabem mais brincar. Mas, se concordarem, faça um jumentinho de brinquedo (um cabo de vassoura, garrafa pet e criatividade).   Se tiver muitas crianças como na catequese Medalha Milagrosa no Patronato Sousa Carvalho, os personagens são: Jesus e os doze discípulos, dois fariseus. 

Oração Inicial: As crianças devem persignar-se com o auxílio dos catequistas.  Catequistas: Sejam todos bem vindos-(as). Nosso momento de oração terá dois momentos diferentes dos que tivemos nas últimas semanas. Agora na acolhida, vamos meditar a Unção de Jesus.
A Palavra de Deus é Luz para nós. Jo 12,1-8.
(Leitura orante) Jesus foi para a casa de quem? O que Maria fez de extraordinário? Por que ela fez isto? O que os discípulos disseram? O que Jesus respondeu? Por que Jesus disse que não se preocupassem com  os pobres? Porque naquele momento o importante era preparar Jesus para sua Paixão. O que Jesus queria dizer é que depois que Ele morresse teriam muitos pobres para socorrer. 
Meditação: A leitura que escolhemos diverge das leituras dos outros Evangelhos: Mateus e Marcos: uma mulher / Lucas: a pecadora. / João: Maria. Para nós o que interessa é como a mulher agiu com Jesus. Maria se sentia tão amada por Jesus que separou o melhor que tinha para dar a Jesus. A Unção é uma benção, geralmente feita com óleo aromático, próprio para benção. No AT Deus mandava ungir apenas reis, profetas e sacerdotes como símbolo da presença do Espírito Santo. Jesus Cristo escolhe maneiras tão simples de fazer a vontade de Deus! Enquanto os outros querem ser revestidos de poder para serem ungidos, Jesus mostra que todo poder estar na simplicidade do agir. No Evangelho de Mc 14, 8-9 Jesus diz: “Ela fez o que podia: derramou perfume em meu corpo, preparando-o para a sepultura. Eu garanto a vocês: por toda a parte, onde a Boa Notícia for pregada, também contarão o que ela fez, e ela será lembrada”. Aquele que age sem pensar em recompensa, Jesus será a recompensa. Precisamos aprender a IMITAR os gestos simples do Evangelho. 

Crianças: Senhor Jesus, dá-nos um coração um coração simples e humilde, para que nossas ações sejam tão sinceras quanto a unção feita por Maria.
Catequistas: Senhor  Jesus tenha compaixão de nós, 
Crianças: Porque somos pecadores
Catequistas: Por ser puro amor sede misericordioso para conosco.
 Crianças: E dai-nos a vossa salvação
Catequistas: Por ser Filho de Deus perdoe os nossos pecados 
Crianças: E nos conduza a vida eterna. Amém
2º Momento – A Palavra de Deus é Luz para nós. Lc 19,35-39.
Hoje a nossa leitura será dramatizada. Os fariseus ficam próximo ao coração. Os discípulos vem com Jesus montado em um jumentinho e a multidão serão as outras crianças.
Narrador: Então levaram o jumentinho a Jesus. Colocaram os próprios mantos sobre o jumentinho e fizeram Jesus montar. Enquanto caminhavam, as pessoas estendiam os próprios mantos pelo caminho. Quando Jesus estava junto à descida do monte das Oliveiras, toda a multidão de discípulos começaram, alegres, a louvar a Deus em voz alta, por todos os milagres que tinham visto.
Lado direito: «Bendito seja aquele que vem como Rei, em nome do Senhor!”.
 Lado esquerdo: “Paz no céu e glória no mais alto do céu.» 
Narrador: No meio da multidão, alguns fariseus disseram a Jesus:
Fariseus: Mestre, manda que teus discípulos se calem. 

Jesus: «Eu digo a vocês: se eles se calarem, as pedras gritarão. Palavra da Salvação.
Todos: Vem, Senhor Jesus! Contigo, abro o meu coração aos que vivem comigo! Procuro olhar com olhos novos para tudo o que se passa à minha volta. Por isso, quero acolher-Te todos os dias. Vem, Senhor Jesus! Contigo, quero transformar as minhas dificuldades e instabilidades em gesto de humildade, perdão e paz. Prometo que não sentirei medo porque sei que estou CONVOSCO. Vem, Senhor Jesus! Contigo, encontro as palavras ideais e me dou conta da que nem sempre penso antes de falar. Por isso, que as minhas palavras sejam sinais da bondade. Senhor Jesus, Rei do Universo, sinto-me feliz Contigo, quero acolher-Te todos os dias, E todos os dias Contigo desejo viver. Por isso digo: Hosana ao Filho de David! Bendito O que vem em nome do Senhor! 
3º Momento – Abertura da Porta 

Catequistas: Crianças, hoje somos convidados a IMITAR Maria, dando o melhor de nós para Jesus. Mas, durante esta semana tem muito mais coisas bonitas que devemos imitar. O nosso compromisso cristão será fazer desta semana um momento santo de encontro com Jesus. Agora quero lembrar-lhes uma frase que será o ponto central da quinta feira Santa. Dei-vos um exemplo para que, como Eu vos fiz, também vós o façais. Jo 13, 15. Sejamos IMITADORES de Cristo. Qual  é a palavra chave?
Rezar Oração enquanto abre a porta: “Senhor Jesus, durante a Tua vida terrena, acolhias, curavas, partilhavas, perdoavas, encorajavas e aconselhavas. Tu amaste e amas infinitamente e até ao fim os teus que estão neste mundo. Tu que dás tudo e tudo partilhas, partilhaste com os discípulos a tua última refeição. Levaste-lhes os pés, em sinal de serviço e amizade. Realizaste uma nova aliança de amor entre Deus e os homens. Os discípulos de hoje somos nós, sou eu! Hoje é a mim que diriges todos os teus gestos de amor, é comigo que partilhas a tua refeição. Que eu saiba IMITAR todos os teus gestos de Amor”.
 4º Momento – Compromisso de um verdadeiro discípulo
Catequistas: Acredite. Esta é a mais santa de todas a semanas do ano litúrgico. O verdadeiro discípulo vai fazer todo possível para estar a todos os momentos ao lado de Jesus. O seu compromisso será com a Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo. Na Paixão, todos os discípulos o abandonaram. Até mesmo Pedro que tentou ser forte o negou. Não vamos cometer o mesmo erro.
Encontros: Prisão, Paixão e Morte de Jesus / Jesus não morreu! / Prisão e Morte
A Paixão de Cristo não é só um acontecimento histórico na vida das pessoas. A  Paixão de Cristo é o início de uma vida nova para aquele que acreditou em Deus e recebeu a luz. Jesus é Luz. Os judeus tentaram apagar esta luz, mas não conseguiram porque é Luz  Divina. São tantas memórias das Palavras de Jesus; Talvez os primeiros discípulos não acreditaram logo porque eles estavam vivendo o grande acontecimento e para aquela gente seria impossível tudo o que estava acontecendo. Para nós é diferente. Já aconteceu e estamos fazendo
memória como ELE ordenou: “Façam isto em minha memória”. Celebrar a Paixão de Cristo  e fazer acontecer tudo de novo.  Não a parte triste pois sabemos que tudo isto aconteceu para que se cumprisse a vontade de Deus. Se alguém poderia ter mudado tudo isto, este alguém vivia naquela época e não quis. Agora precisamos levar a sério e fazer de nossa vida um verdadeiro discipulado para não crucificarmos Cristo novamente.  Depois destes dias meditando todos estes preparativos, a Palavra de Deus encenada, orada, vivida de maneira provocante, os compromissos, não dá para dizermos que ainda não entendemos. Jesus fez de seu Corpo o alimento para nossa salvação. Isto é um mistério que não precisa ser compreendido e sim vivido. Como explicar o Mistério da Santíssima Trindade? Como explicar o Mistério da Criação do Mundo? Como explicar o Mistério da Concepção Divina de
Cristo? Este mistério é para ser vivido.
 Jesus já nos alertou e é bom lembrar: “Quem acredita em mim, não é em mim que acredita, mas naquele que me enviou.  Quem me vê, vê também aquele que me enviou.  Eu vim ao mundo como luz, para que todo aquele que acredita em mim não fique nas trevas.  Eu não condeno quem ouve as minhas palavras e não obedece a elas, porque eu não vim para condenar o mundo, mas para salvar o mundo.  Quem me rejeita e não aceita minhas palavras, já tem o seu juiz: a palavra que eu falei será o seu juiz no último dia.  Porque eu não falei por mim mesmo. O Pai que me enviou, ele é quem me ordenou o que eu devia dizer e falar.  E eu sei que o mandamento dele é a vida eterna. Portanto, o que digo, eu o digo conforme o Pai me disse.” João 12, 45-50.
Portanto, A Eucaristia é o memorial da Paixão de Cristo. Jesus Cristo Eucarístico é o centro e o ápice da vida Cristã.
Desafio para a semana: 

Domingo de Ramos – Procissão de ramos. Cada criança deve trazer um ramo bento, uma palinha de palmeira e fazer um leque para colocar atrás do coração da dinâmica. 
Quinta Feira santa participar da missa do Lava-pés e instituição da Eucaristia e o Sacerdócio ministerial.   Nessa celebração também se recorda o mandamento novo que Jesus deixou: “Eu vos dou um novo mandamento, que vos ameis uns aos outros assim como Eu vos amei.” Comungar o corpo e sangue de Cristo na Eucaristia implica a vivência do amor fraterno e do serviço. Essa é a lição da celebração. Depois da Celebração é feita a transladação do Santíssimo para uma capelinha que servira de horto para a Adoração.
Sexta Feira Santa A Igreja contempla o mistério do grande amor de Deus pelos homens. Ela se recolhe no silêncio, na oração e na escuta da palavra divina, procurando entender o significado profundo da morte do Senhor. Neste dia não há missa. A Igreja se recolhe em Adoração ao Santíssimo Sacramento no Horto da nossa vida. A igreja pede que cada cristão fique pelo menos uma hora em reparação àquela hora em que os discípulos não conseguiram vigiar e acabaram dormindo enquanto Jesus orava. A tarde acontece a Celebração da Paixão e Morte de Jesus, com a proclamação da Palavra, a oração universal, a adoração da cruz e a distribuição da Sagrada Comunhão.  Nesse dia a Igreja pede o sacrifício do jejum e da abstinência de carne, como ato de homenagem e gratidão a Cristo, para ajudar-nos a viver mais intensamente esse mistério, e como gesto de solidariedade com tantos irmãos que não têm o necessário para viver. Você é criança, mas poderá fazer um jejum de certas brincadeiras como videogames, pega-pega, pic-esconde ou outras...

Sábado Santo é dia de “luto”, de silêncio e de oração. A Igreja permanece junto ao sepulcro, meditando no mistério da morte do Senhor e na expectativa de sua ressurreição. Durante o dia não nem uma celebração litúrgica e também não haverá catequese. A noite a vigília até a Ressurreição. Nesta noite é que acontece os batizados dos catecúmenos.
Tarefas: Participe destas celebrações e escreva no seu caderno uma frase, passagem bíblica ou um texto dizendo o que você achou de cada momento. Separe todos os momentos como no texto acima.

Desafio para a vida: Para ser um discípulo de Jesus basta IMITÁ-LO. Fizemos todo este sacrifício para ressuscitarmos com Ele no domingo de Páscoa. Vamos manter o nosso propósito.
Leia a matéria completa aqui ►

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Ajude-nos. É muito Simples.

Apesar deste blog ser somente para Dinâmicas quero abrir este espaço para divulgar minha loja virtual. Trata-se do Magazineletrosoares. Todo o nosso trabalho é dedicado a Evangelização, por isso, nossos lucros também serão destinados aos nossos trabalhos, principalmente de catequese. E você ainda desfruta dos melhores produtos do Pais, com os menores preços, em uma plataforma de confiança
. Magazineletrosoares "Se não puder comprar tudo, compre o que puder"!


Leia a matéria completa aqui ►

Quem faz a vontade de Deus é recompensado com a SUA presença.

Encontro de catequese dos dias 21 e 22 /março
V Domingo da quaresma – Recriar

Preparando o Ambiente – O Coração de Jesus, desenhado no isopor deve estar em lugar de destaque. Coloque uma vela ou círio, acesa, próximo ao coração. Prepare as sete chaves antecipadamente. 
1º Momento - O Pai bondoso acolhe seus filhos no colo com Amor
Acolhida: Já aprendemos o pecado é uma desobediência e isso nos afasta de Deus. Mas Deus é Pai e por isso está sempre pronto para nos perdoar, porem existe uma exigência lógica: reconhecer-se pecador e Arrepender-se de ter pecado. Isto mostra que queremos crescer na fé, vivermos santamente, ser discípulos de Jesus. O mestre não gosta de ver seus discípulos tristes, caídos, e quando isto acontece, ELE estende a mão e diz: “Levanta e vem para o meio”. Quando a gente aceita segurar firme a mão de Jesus, Ele nos Edifica e nos ensina que a melhor maneira de sermos seus discípulos é Glorificar a Deus com nossas vidas. 

Abertura: Duas crianças procurando Jesus; Felipe e André; Jesus; o catequista fará a voz de Deus. 
Oração Inicial: As crianças devem persignar-se com o auxílio dos catequistas. 
Catequistas: Sejam todos bem vindos-(as). Hoje, iremos aprender a viver constantemente em estado de conversão. Você sabe o que é conversão? Deixar as crianças responderem. Conversão é um ato de mudança de vida. Deixar velhos hábitos e  adquirir novos que melhorem sua vida.
Crianças: Senhor Jesus, somos tão pequenos e nossos pecados são induzidos por outras pessoas. O Senhor sabe que nosso coração ainda é puro e que anseia por ser seu. Ajuda-nos a mudarmos de vida e escutarmos apenas as coisas boas da vida, ensinadas pelos seus anjos e pelos seus santos. 
Catequistas: Senhor  Jesus tenha compaixão de nós,
 Crianças: Porque somos pecadores
Catequistas: Por ser puro amor sede misericordioso para conosco.
Crianças: E dai-nos a vossa salvação
Catequistas: Por ser Filho de Deus perdoe os nossos pecados  Crianças: E nos conduza a vida eterna. Amém
2º Momento – A Palavra de Deus é Luz para nós. Jo 12,20-33.
Hoje a nossa leitura será dramatizada. Jesus está sentado próximo ao coração da dinâmica. Os discípulos André e Felipe estão um pouco distantes conversando. Entra duas crianças correndo e gritando, e sacudindo os discípulos:
Crianças: Queremos ver Jesus! Queremos ver Jesus! 'Senhor, gostaríamos de ver Jesus.'
Felipe  e André responderam: - Calma. Nós os levaremos ao Mestre.
Ao vê-los Jesus respondeu: - Chegou a hora em que o Filho do Homem vai ser glorificado. Em verdade, em verdade vos digo: Se o grão de trigo que cai na terra não morrer, ele continua só um grão de trigo; mas se morrer, então produzirá muito fruto. Se alguém me quer servir, siga-me, e onde eu estiver, estará também o meu servo. Se alguém me serve, meu Pai o honrará. Agora me sinto angustiado. E que direi? `Pai, livra-me desta hora!'? Mas foi precisamente para esta hora que eu vim. Pai, glorifica o teu nome!' 
Então, veio uma voz do céu:
Catequista - 'Eu o glorifiquei e o glorificarei de novo!'
A multidão que lá estava e ouviu, dizia:
 Todas as Crianças: O que foi isto, um trovão?
Outros afirmavam:
Todas as Crianças: Não. 'Foi um anjo que falou com ele.'
Jesus respondeu e disse: 'Esta voz que ouvistes não foi por causa de mim, mas por causa de vós. É agora o julgamento deste mundo. Agora o chefe deste mundo vai ser expulso, e eu, quando for elevado da terra, atrairei todos a mim.' Jesus falava assim para indicar de que morte iria morrer. Palavra da Salvação. 
(Leitura orante) Jesus diz o que um discípulo deve fazer. Quem quer ser discípulo de Jesus? O que devem fazer então? E se vocês seguirem Jesus, que recompensa terão?  Quando temos um problema costumamos pedir logo que Deus nos livre. Jesus fez o mesmo? O que disse Jesus em relação a isso?

Reflexão: Precisamos aprender a GLORIFICAR o nosso Deus. Foi o que aprendemos no encontro passado. Quem GLORIFICA A DEUS recebe um escudo protetor e terá sua vida glorificada assim como diz o Salmos 18:2: “O Senhor é o meu rochedo, e o meu lugar forte, e o meu libertador; o meu Deus, a minha fortaleza, em quem confio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio”. O que disse a voz vinda do céu? Como verdadeiros discípulos de Jesus, precisamos nos converter, RECRIAR uma vida nova.
3º Momento – Abertura da Porta  ‘RECRIAR’
Catequistas: Crianças, imagino que vocês já estão vendo a beleza que é a proposta de ser discípulo de Jesus. Vida nova, santidade, amor de Deus constante na vida... Como fazer para ter uma vida nova em Jesus Cristo? O segredo está no seu coração. É por isso que vamos abrir mais uma porta. E a palavra chave desta porta é: “Jesus Cristo é a «Boa Nova de valor eterno» (Ap. 14, 6), sendo «o mesmo ontem, hoje e pelos séculos sem fim» (Heb 13, 8), mas a sua riqueza e a sua beleza são inesgotáveis. Ele é sempre jovem, e fonte de constante novidade. A Igreja nos ensina que Ele pode sempre renovar a nossa vida e a nossa comunidade. Esta é a proposta cristã, mesmo que passemos pelas maiores dificuldades, aquele que perseverar no seu amor será RECRIADO para uma vida nova. O Espírito Santo de Deus renova todas as coisas. Se você quiser ele também pode te ‘RECRIAR’ ”.
4º Momento – Compromisso de um verdadeiro discípulo
Catequistas: Acredite. Jesus renova tudo o que Ele quiser. Mas Ele te ama tanto que respeita a sua vontade. Veja como funciona: Deus ama tanto a humanidade que envia SEU FILHO único para salvação da humanidade. Jesus ama tanto SEU PAI a ponto de morrer para salvar a humanidade. E nós, o que estamos fazendo pelo AMOR DE DEUS.
Rezemos juntos: DEUS, Criador da minha vida, renova-me: traz-me para uma nova vida em Ti. Toca-me e faz-me sentir integra novamente. Ajuda-me a ver o Teu Amor na Paixão, morte e Ressurreição de Vosso Filho...  Pai Santo, que Jesus mande sobre mim o Espírito Santo, conduzindo-me neste tempo favorável a uma sincera conversão.
Desafio para a semana: Você acredita que seus pais te amam? Que tal conversar com eles dizendo que quer ser um filho melhor, mais obediente e perguntá-los: O que preciso mudar na minha vida? Faça um exame de consciência e assuma um compromisso com você mesmo. Escreva tudo no seu caderno.

Todas as noites e ao amanhecer reze esta oração: “Glória e Louvor sejam dadas a TI meu Senhor, que me deste Jesus como Salvador. Dou-te graças Jesus, porque aceitaste dar a vida por mim". Desafio para a vida: Para ser um discípulo de Jesus basta segui-lo. Quer dizer: fazer a sua vontade, cumprir com os mandamentos de SEU PAI.
Está  disposto? Faça um texto dizendo o que deseja fazer para ser discípulo do Senhor e o que desejaria fazer em sua igreja.
Encontros: Noé e o dilúvio / Jacó: o pai de doze tribos / Moisés
Meditação para os encontros: Deus criou o mundo por amor e do SEU infinito amor. A criação, desde o princípio que se revolta com Deus por puro egoísmo e desobediência. Más, como Pai, Deus não abandona a humanidade.  A primeira vez que os homens se revoltaram com Deus, o Senhor escolheu uma família que o obedecia e deu ordens para salvasse a maior quantidade possível de sua criação. Por incrível que pareça só a família de Noé acreditou em sua Palavra. E desta família o Senhor RECRIOU toda a humanidade que hoje conhecemos. Vimos no encontro passado que Deus prometeu a Abraão fazer dele uma grande nação. Abraão acreditou. Mesmo só tendo dois filhos, Abraão não duvidou. Morreu glorificando a Deus. A promessa de Deus veio a ser cumprida em seu neto Jacó, que veio a ter doze filhos, cada um pai de uma tribo, hoje, cidades de Israel, nome que o Senhor deu a Jacó. Jacó amava  tanto a Deus que confiava no Senhor a ponto de nunca se revoltar com seu Criador. Sofreu muito, mas estava sempre glorificando a Deus. Este amor foi recompensado com a promessa de Abraão. O povo de Deus logo esqueceu da benevolência de Deus e devido a dificuldades na vida acabaram escravizados no Egito. Deus não fica feliz ao ver seus filhos escravizados, mesmo que seja por escolha própria. Escolheu um homem chamado Moisés para conduzir o seu povo até a terra prometida. Vejam que o Senhor não esqueceu de sua promessa. O povo é que se antecipa sempre, buscando fazer sua própria vontade. Quem faz a vontade de Deus é sempre recompensado com a SUA presença. Quem desobedece se afasta de Deus e fica sujeito ao pecado. Foi Moisés que esteve na presença de Deus e trouxe para nós os mandamentos da salvação.
Orações do Cristão: Decorar em casa as perg.: 8 ao 11 do livro de oração.


Leia a matéria completa aqui ►