Compartilhe com seus amigos.

domingo, 9 de agosto de 2009

Busto Mons. Moraes - Pronunciamento Dr. Luiz

Pronunciamento do Dr Luiz de Gonzaga Timbó Correa, Vice prefeito de Ipu.









“Eu estou representando a administração municipal e a família Corrêa. Em nome do Dr. Thomáz que deveria estar, e eu aqui justifico a ausência dele: há dois dias nós perdemos uma parente próxima e ele ainda se encontra na cidade de Tamboril. Era uma prima-irmã da minha mãe. Ele gostaria muito de estar aqui prestando esta homenagem ao Mons. Moraes e a sua família, porque o Dr. Thomáz foi um grande amigo do Mons. Moraes e estiveram juntos durante todo o período que o Mons. trabalhou aqui nesta paróquia e o assistiu não somente como um médico, mas como um grande amigo nos momentos da sua doença que o levou a morte. Em nome da Maternidade e Hospital Dr. Francisco Araújo, instituição que vai completar 60 anos que foi idealizada, construída e que o teve como vice-presidente durante muitos anos. E está aí a Maternidade e Hospital Dr. Francisco Araújo continuando o serviço que o Mons. Moraes esperava dela. Nós nascemos e podemos passar pela vida sem ter existido. Mas há pessoas que nascem e que existem na vida. E o Mons. é uma dessas pessoas. Porque à medida que nós nascemos e crescemos juntam-se a nós o dever e o serviço.

O Mons. Moraes cumpriu o seu dever praticando o serviço, praticando o bem nessa cidade. E quem cumpre o dever através do serviço existe na vida, não passa por ela. E eu não preciso repetir aqui a totalidade e a importância dos serviços que o Mons. Moraes prestou a esta cidade, cumprindo o seu dever de pároco. Naquela época a Igreja vinha não só para trazer a catequese; ela vinha também para trabalhar na saúde e na educação e desenvolver este trabalho dentro das comunidades. O Mons. hoje, muito bem homenageado nesta data do dia dos pais, foi o grande pai desta paróquia das gerações anteriores, da nossa geração, está servindo de exemplo e ainda o servirá para as outras gerações. O Mons. Moraes prestou o seu serviço como pároco; desenvolvendo a educação através desta grande escola Patronato Sousa Carvalho; e o seu serviço na saúde através da Maternidade e Hospital Dr. Francisco Araújo. A sua existência será perpetuada por longos anos e por séculos.

O Mons. realmente existiu na sua vida porque cumpriu seu dever através da prestação de seu serviço. Parabenizo a família Moraes aqui presente, representada pela Dona Rosa, com quase um século de existência; o seu sobrinho, Dr. José Maria Bonfim, que é um grande amigo desta cidade e um grande amigo nosso; e a Aidê, sobrinha do Mons. Moraes.

Faço uma referência a Nadir que o acompanhou durante muitos anos e que foi uma serva fiel do Mons. Moraes. Parabenizo também todos nós ipuenses, principalmente os que terão oportunidade de ver nas próximas gerações este busto e que no mínimo despertará curiosidade e terá aqui a perpetuação da história do Mons. Moraes. Acho que é uma homenagem muito justa e merecedora que trará para o Ipu o marco histórico e o marco de visitação das pessoas que por aqui passarão. A administração, em nome do Ipu, parabeniza a iniciativa do Padre Nonato Timbó, da irmã Lúcia Cavalcante, representando a Paróquia e o Patronato. E louvamos a Deus que o Mons. permaneça no Céu rogando por nós e trabalhando por nós na nossa cidade.”

Visite o Site da nossa Paróquia
Visite também a nossa Catequese