Compartilhe com seus amigos.

sábado, 22 de agosto de 2009

Semana Catequética - Espíritualidade do catequista

Dia 21 - A Espíritualidade do catequista
O último dia da semana catequética foi marcado por uma frase: "Quem não participa das reuniões é porque não ama a catequese." Iniciamos a noite com um teatro feito pelas crianças do Mini-Marial, crianças essas que são o grupo de perseverança do CEME (Centro Educ. Mundo Encantado). Após a oração, o sr. Osorio convidou os catequistas para definirem Espiritualidade. Algumas Respostas: "É uma intimidade com Deus". " É o gosto pela oração e a Santa Missa". E o amor a Deus e aos irmãos". "A palavra de Deus, a meditação e a contemplação".
O sr. Osorio explicou que A Espiritualidade do catequista tem que ser uma abertura sincera de coração para a ação do Espírito Santo nos dias de hoje; Que a oração, a meditação e a contemplação termina com a mesma palavra "ação";
Que de nada vai adiantar rezar se não houver uma ação transformadora; Que o Espírito de Deus não fica estático e sim, se renova constantemente. "Eis que eu renovo todas as coisas".Ap. 21,5.
A Espíritualidade do catequista tem que transformar-lo, fazendo com que a sua vida de oração seja uma luz para a comunidade. O catequista tem que fazer da sua vida uma oração. A graça de Deus tem que transbordar em suas ações. Viver para servir como o mestre ensinou.
Depois de muito diálogo, chegaram a conclusão que a catequese precisa ser o local ideal para a ação do Espírito Santo na vida . E que a catequese só tem um sentido transformador quando acontecer no seio da comunidade. Com a participação de 18 catequistas da matriz e um da capela do São João, encerramos o encontro pedindo que o Espírito Santo transforme a ação catequética dos nossos catequistas.


Visite o Site da nossa Paróquia
Visite também a nossa Catequese