Compartilhe com seus amigos.

domingo, 10 de janeiro de 2010

Iniciação a vida Cristá

A caminhada catequética após o Concílio Vaticano II (1962-1965) foi marcada por alguns eventos e documentos que muito contribuíram para o avanço da catequese. A saber: o Diretório Catequético Geral (DCG, 1971), a carta apostólica de Paulo VI Evangelii Nuntiandi (EV, 1975), o Sínodo sobre a Catequese (1977), a Exortação Apostólica de João Paulo II: Catechesi Tradendae (CT, 1979). No Brasil foi de especial importância a publicação do Documento “Catequese Renovada, Orientações e Conteúdo”(1983) e, mais recentemente o Diretório Nacional de Catequese (2005) que, constitui-se de eixo propulsor para o Ano Catequético.
Neste contexto de inovações e realizações de encontros nacionais acontece em 1986 a 1ª Semana Brasileira de Catequese com o tema “Fé e Vida em Comunidade”e, em 2001 a 2ª Semana Brasileira de Catequese com o tema: “Com adultos, catequese adulta”.
O Ano Catequético Nacional em 2009, aprovado na 44ª Assembléia Geral dos Bispos (2006), com o tema: “Catequese, caminho para o discipulado e por lema: “Nosso coração arde quando ele fala, explica as escrituras e parte o pão” (cf Lc 24,13-35), vem apontar luzes e pistas para os novos desafios da catequese. A realização da 3ª Semana Brasileira de Catequese de 6 a 11 de outubro em, Itaici-SP, fecha com chave de ouro toda a mobilização realizada durante o ano e traz a marca de uma catequese de caráter mistagógico. Acreditamos que o tema: “Iniciação à Vida Cristã”, seja o impulso que estava faltando para que a ação catequética da Igreja do Brasil alcance seus objetivos e seja formadora de discípulos missionários.
Leia mais no nosso Site Formação dos catequistas