Compartilhe com seus amigos.

sábado, 8 de maio de 2010

48º Assembléia Geral dos Bispos do Brasil

Discípulos e servidores da Palavra de Deus e a missão da Igreja no mundo", este é o tema central da Assembléia Geral da CNBB, que está sendo realizado em Brasília (DF). Padre Raimundo Nonato,Pároco de Ipu na Diocese de Sobral também está presente nesta assambléia como administrador Diocesano. É a segunda vez que o nosso Pároco é administrador Diocesano. São muitos os motivos para glorificarmos a Deus... Um deles é termos alguém tão especial nos orientando espíritualmente.

Dom Angélico fala da ação dos bispos eméritos e pede mais cuidado com a população idosa

De coletivas com a imprensa da 48ª A s s e m b l e i a Geral da CNBB. D o m A n g é l i c o d e s t a c o u a norma enviada pelo vaticano há 50 anos que destaca o problema da pós modernidade. “O Vaticano já tocava neste assunto há meio século, de que os ‘velhinhos’ teriam dificuldades no mundo moderno”. Dom Angélico ressaltou, ainda, a felicidade em ser um bispo emérito. “Sou muito grato a Deus por ter me dado saúde para conseguir chegar à idade em que me encontro, e espero que Ele dê a todos as mesmas alegrias que recebi e que possam chegar a ‘melhor idade’”. A 48ª Assembleia Geral da CNBB entra hoje no seu terceiro dia de trabalhos com a apresentação do tema sobre as Comunidades Eclesiais de Base (CEBs). Na coletiva, dom Angélico lembrou o Projeto Ficha Limpa cuja aprovação aconteceu na madrugada de ontem, 5, na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados. Agora são votados os destaques ao Projeto. “Tenho certeza de que todos estão de pleno acordo com a preocupação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e de milhares de pessoas para apresentar ao Parlamento o Projeto Ficha Limpa. Esperamos que este Projeto seja aprovado no Senado sem muitas modificações. A aprovação é questão de dignidade para o Legislativo e de restabelecimento da credibilidade junto ao povo brasileiro”, afirmou.

A 48ª Assembleia Geral da CNBB no seu terceiro dia de trabalhos com a apresentação do tema sobre as Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) na primeira sessão da manhã. O tema central também volta com a exposição das contribuições dos participantes após estudo do texto em grupos na tarde do dia 6.

Arcebispo destaca atuação das escolas católicas no Brasil

“É uma grande preocupação da Igreja hoje o meio u n i v e r s i t á r i o. Ali se formam os principais protagonistas de uma história que nós queremos que seja nova, em que a justiça, a verdade o amor e a unidade se façam presentes”, destacou o arcebispo de Sorocaba (SP), dom Eduardo Benes, que é membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura, Educação e Comunicação Social, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Arcebispo de Diamantina recorda pilares da vida da Igreja

A presença de Cristo na Eucaristia; Leitura, meditação e reflexão da Palavra de Deus e a prática da caridade. Estes são os três pilares que equilibram a vida da Igreja, segundo o arcebispo de Diamantina (MG), dom João Bosco Oliver de Faria. De acordo com o arcebispo, a Assembléia optou por valorizar o estudo da Palavra de Deus porque a Bíblia muda o sentido da vida do ser humano. “A Palavra de Deus alimenta a vida do cristão. Não se trata de um texto fixo, mas da possibilidade de tornar rica a experiência da pessoa com Deus. Já a caridade faz com que a pessoa pense no seu próximo e não apenas em si. Tudo isso trazemos para um estudo mais aprofundado na Assembléia porque acreditamos que essa Palavra deve ter maior alcance junto aos leigos”, sublinhou. Dom João Bosco afirmou ainda que um pólo leva ao encontro do outro e traz como consequência o equilíbrio da vivência cristã. “A união da pessoa com aquilo que Cristo nos ensina no Evangelho, leva, naturalmente, a pessoa à dimensão de pensar no próximo e viver em comunidade. Leva as pessoas também à prática da caridade. Se faltar um desses pilares

nós desequilibramos”, concluiu.

Fonte Assessoria de Imprensa da CNBB
Continue celebrando o mês de Maio conosco:

Homenagei sua mãe com uma de nossas mensagens: