Compartilhe com seus amigos.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

I Assembleia Paroquial de Catequese (domingo)

O domingo na primeira Assembleia Paroquial foi um momento de refazer as forças e deixar o Espírito Santo tomar conta de nossas vidas. Padre Nonato dirigiu o encontro durante todo o dia. Só lamentou a falta de tantos catequistas na hora em que "eles - catequistas" mais precisavam estar presente. Independente da necessidade que ocasionou a falta dos catequistas, não dá para entender porque da ausência.

Uma mini síntese da Espiritualidade.

A vocação do catequista é um chamado de Deus para a santidade, e para compor de forma concreta a sua igreja. O catequista é um apóstolo de Jesus, e por isso, um enviado de Deus que tem como missão Evangelizar, dando de Graça o que recebeu de Graça: O seu Amor. A fidelidade do catequista depende muito do quanto ele ama a Deus. E a prova deste amor é a sua constante presença diante do Senhor, adorando-O, contemplando-O, desejando-O na Hóstia consagrada. Quem ama quer estar presente. O catequista também é um facilitador da ação do Espírito Santo na vida dos catecúmenos e na sua própria conversão. Para que isto aconteça, o catequista precisa de uma profunda vida espiritual, relacionada com a palavra contida na revelação, celebrada na liturgia e vivida essencialmente pelos santos.

O catequista, assim como todo cristão é templo do Espírito Santo, por isso tem que ter uma estreita relação de amor com Ele. Sua santidade vem da sabedoria Divina, ação de Graça do catequista. Este dom tem que ser zelado e colocado a serviço da igreja. Ser catequista e se deixar seduzir por Deus. Quem Não se deixa seduzir por Deus, é seduzido pelo mundo. A força vital de uma boa ação do catequista vem da oração, da Palavra de Deus e da Eucaristia. A vocação do catequista tem caráter incondicional; não tem meio termo. Não dá para brincar de ser catequista.

Na oração o catequista fala com Deus, no serviço Deus te fala. A oração tem que ser vivida pelo catequista para fazer parte de sua espiritualidade. A oração exige silencio, contemplação, reflexão... resposta. Deve ser uma relação amorosa de Deus, diferente de rezar! A dinâmica da oração do catequista é o combustível para um bom relacionamento com Deus. Um relacionamento de quem ama com aquele que nos amou primeiro. Enfim, o catequista é um apaixonado por Deus e por sua missão.


Leia a matéria completa aqui ►

I Assembleia Paroquial de Catequese (sáb - Tarde)

O dia de sábado na assembleia foi excelente. Na hora do almoço, todos fizeram suas refeições bem no estilo de missionários: comendo com o prato a mão e sentados no chão. Após o almoço, para não perder o costume da "sexta", ficamos no auditório para momento de reflexão e meditação. Foi um momento muito especial. As mensagens e orações mexeram com todos nós. Deu-nos força para continuarmos os trabalhos e enfrentarmos a canseira da tarde.
Com uma dinâmica bem a nível de catequese, avaliamos a nossa participação na igreja, usando como texto de reflexão I Coríntios 12:12-27. A apresentação dos estudos de grupo trouxe-nos uns pontos que já sabiamos, e que é a realidade de muitos:
Pontos Positivos:

· A organização da catequese;

· Estrutura em relação a material didático

· Apoio do Pároco;

· Esforço da coordenação;

· A melhor integração depois das visitas da coordenação a alguns núcleos.

Podem melhorar:

· A participação negativa e a falta de apoio dos Paes;

· A dificuldade de conseguirem catequistas para compor o grupo de acordo com a orientação da Paróquia;

· O companheirismo entre os catequistas;

· A catequese nos colégios;

§ Acompanhar o ano letivo: ter férias no meio do ano;

§ A participar da criança na catequese da comunidade e não no colégio;
Para concluir a tarde, apresentamos as propostas da Paróquia. A catequese paroquial funciona em pequenos núcleos comunitários; cada núcleo é composto de um lider e catequistas para as fases catequéticas, respeitando a idade das crianças: Iniciação à Eucaristia – 7 anos; Pré Eucaristia – 8 anos; Eucaristia – 9 anos; Perseverança após a Eucaristia – duração de 4 anos até a Crisma.
Seria bom se cada catequista tinvesse um auxiliar ou suplente. Se faz necessário um momento para maior entrosamento entre os catequistas da comunidade, a fim de partilhar idéias e experiências de trabalho. Juntos desenhamos o mapa litúrgico, para que cada comunidade, núcleo catequético possa acompanhar passo a passo a liturgia, e ajudar as crianças a indentificarem as cores liturgicas e cada parte da vida, paixão e ressurreição de jesus.
Leia a matéria completa aqui ►

sábado, 28 de agosto de 2010

I Assembleia Paroquial de Catequese (sáb - manhã)



Começou hoje, sábado, 28 de agosto de 2010, 08:00 a I Assembleia Paroquial de Catequese, com previsão de encerramento amanhã as 16 h.

A Assembleia Paroquial de catequese está de acordo com o DNC 277 f: (Diretório nacional de Catequese)

Nesta Assembleia estaremos discutindo a importância da convivência em grupo para servir de testemunho coletivo perante a comunidade. Na nossa assembléia daremos continuidade à formação, à partilha de vida, à oração em comum, à reflexão, à avaliação das tarefas realizadas, ao planejamento e preparação dos trabalhos futuros (cf. CR 151, FC 74 – Catequese Renovada).

PROGRAMAÇÃO:

8h - o VER

· Acolhida

· Oração

· Motivação

ü Durante essas apresentações foram feitas diversas dinâmicas e oficinas catequéticas

9:30h Lanche

9:45h – retorno

· Motivação

ü Na motivação foi apresentado um teatro musical que vocês poderão ver na nossa página no youtube.

ü Um vídeo com sinônimos incentivadores.

ü Análise dos Bispos do Brasil sobre a catequese retirada do Documento de Aparecida.

ü Análise da catequese local a nível de núcleos e Paróquia a partir de 2006, quando assumiu a coordenação atual.


Leia a matéria completa aqui ►

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

1ª Assembléia Paroquial de Catequese

A nossa Assembleia Paroquial de catequese está de acordo com o DNC 277 f:

“A importância da convivência em grupo servirá como testemunho coletivo perante a comunidade. No grupo se dará continuidade à formação, à partilha de vida, à oração em comum, à reflexão, à avaliação das tarefas realizadas, ao planejamento e preparação dos trabalhos futuros (cf. CR 151, FC 74).”

Leia a matéria completa aqui ►

1ª semana de reforma da Igreja Matriz do Ipu

Começamos a reforma da igreja matriz de Ipu. O propósito da reforma era retirar as telhas de amianto, que de tão velhas já estavam todas comprometidas, e também por causa do desenho arquitetônico da Igreja que é um formato de barca. A parte de trás da igreja, a cúpula, por ser redonda, dificulta a colocação das telhas de amianto

e isso causa vasamento de água. Parte deste vasamento e a incidência alta de morcegos no telhado causou a putrificação da madeira chegando quase a rompedura da linha. Se demorasse mais algum tempo, a história seria outra. A reforma veio em tempo oportuno. Graças a Deus, O Espírito Santo está sempre atento, iluminando os seus escolhidos para agirem no tempo certo. O madeiramento já foi trocado. Aproveitaremos para recuperar o reboco interno que também está comprometido, impermeabilizar as calhas e aperfeiçoar a parte elétrica do telhado. Na próxima semana começaremos a colocar as telhas.
Leia a matéria completa aqui ►

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Começa reforma da igreja matriz de São Sebastião


Desde Janeiro deste ano que a Paróquia de São Sebastião do Ipu está se preparando para reformar a nossa Matriz. Todos os esforços do Padre Nonato e das pastorais estão voltadas para esta reforma. A festa de São Sebastião, bingos, doações e quermesses tem sido a fonte de renda para arrecadar fundos. Só que isto é muito pouco, ou quase nada para a reforma de um templo.

Nesta segunda feira, 22 de agosto de 2010, por desejo do Padre Nonato começamos a reforma pelo teto, já que esta é a parte mais crítica do prédio. E para que imaginemos os gastos que teremos só o material para o telhado, sem incluir a estrutura, está em torno de R$ 60. 000,00 sem a mão de obra. Boa vontade até que temos muita, porem uma reforma deste porte, só com muito dinheiro. A intenção do Padre Nonato é reformar completamente a nossa igreja matriz.
Precisaremos de toda ajuda possível. Se você faz parte da história desta terra, desta igreja, ajude-nos! De a sua contribuição para esta reforma! Com certeza não lhe fará falta, e quando vier visitar a nossa cidade, irá celebrar conosco a sua boa ação para a história e a cultura de um povo. Se isto não lhe comover, pense nas bênçãos que o senhor derramará sobre você e sua família, e a proteção do Mártir santo São Sebastião contra todos os males.
Nossa igreja matriz completou 70 em Janeiro. Recebeu a benção de inauguração no dia 14 de janeiro de 1940, às 8 horas da manhã, pelas mãos do virtuoso franciscano Frei José Maria, de Icó, oficiante por delegação do Sr. Bispo de Sobral. É um lindo templo que vislumbra os olhos dos visitantes, e enche de orgulho os ipuenses, em qualquer parte do mundo. Ajúde-nos a preservar esta riqueza do nosso patrimônio.
Leia a matéria completa aqui ►

domingo, 22 de agosto de 2010

Visita Missionária catequética ao bairro dos Pereiros.


Sábado, 21 de agosto de 2010, a coordenação de catequese visita mais um núcleo de catequese. Desta vez foi a comunidade “Unidos em Cristo” do bairro dos Pereiros, na saída para Sobral. A catequese funciona na escola monsenhor Moraes, situada no conjunto habitacional recentemente construído neste bairro. O bairro é muito grande, mas as crianças na catequese ainda são poucas. Os catequistas se esforçam, mas os pais ainda não entenderam da necessidade das crianças participarem da catequese.
A dificuldade não é só na catequese das crianças; a comunidade inscreveu 6 catequista no início do ano. Iniciação, pré, Eucaristia, Perseverança e 2 catequistas de Jovens e adultos. A turma de jovens e adultos deste ano ainda não foi formada, e a catequista de iniciação se afastou. Mas como em tudo existem dois lados, o bom é que descobri com minha visita uma catequista que chamamos de suplente; é um tipo de catequista anônima que não aparece nas estatísticas porem está sempre dando a sua colaboração.

Os catequistas prepararam uma recepção excelente. As crianças fizeram uma acolhida tão calorosa, e no final, com direito a agradecimentos por parte das mesmas. Isto me deixou comovido por serem raras estas atitudes em turmas de crianças na catequese. Isto mostra que estamos no caminho certo. Outro fator que muito me alegrou foi a comunicação das crianças. Propus um diálogo com elas, e em tudo que vos pergunte, obtive resposta; nem sempre certa, mas sempre na tentativa de colaborar.

Neste final de semana próximo, dias 28 e 29 de agosto durante todo o dia, acontecerá no auditório do Patronato Sousa Carvalho, a I Assembléia Paroquial de Catequese. O Padre Nonato sempre considerou os nossos encontros como mini assembléia, já que nos reunimos uma vez por mês os doze meses do ano. Em agosto realizávamos a semana catequética. Tínhamos muitos problemas! A semana catequética coincidia com a semana do município; os catequistas por serem funcionários públicos ficavam impedidos de participarem, entre outros. Foram 10 anos, 10 semanas catequéticas que muito enriqueceu quem participou. Agora, a nossa experiência nos obriga a fazer mudar para uma Assembléia, onde iremos proporcionar avaliação da caminhada, oficinas catequéticas e estudos de grupo, relação humana, retiro espiritual e preparação para o próximo ano fortalecermos a nossa catequese, para que seja verdadeiramente uma catequese formadora de discípulos missionários.
Leia a matéria completa aqui ►

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Festa de N. Sra. de Fátima no Estivado.


Neste dia 15 de agosto de 2010 na comunidade do Estivado, a 18 Km distante do Ipu, aconteceu o encerramento da festa da padroeira da localidade, Nossa Senhora de Fátima. A comunidade fica na serra, o clima é muito agradável e os habitantes são muito hospitaleiros. A igrejinha é muito pequena, obrigando o povo a celebrar a novena e missa campal.

Os festejos começaram com uma visita missionária na quinta feira dia 12 pela manhã. A noite, e nos dias seguintes novena e missa. No sábado dia 14 a confissão das crianças da catequese e o tradicional leilão. No domingo, no encerramento dos festejos, aconteceu o batismo de dois novos cristãos. Durante a santa missa 14 crianças receberam Jesus na Eucaristia pela primeira vez. A relação das crianças você pode ver na página: “Festas dos santos”.

Alem da festa de Nossa Senhora de Fátima, padroeira local, estávamos também celebrando o Dia dedicado a Nossa Senhora da assunção. O celebrante foi o Padre Marcone, vigário paroquial. Em sua homilia, Pe. Marcone deixou bem claro a necessidade de rezarmos a Maria Santíssima, intercessora junto a Jesus. Lembrando as bodas de cana, do Evangelho de São João, cap.2, vers. 1 – 11. “Peça a mãe que o filho obedece”. Nossa Senhora vendo a necessidade daquela família, pediu que seu filho Jesus Cristo os ajudasse. Ali Jesus realizou o seu primeiro milagre. Se você quer que Jesus lhe ajude, peça à mãe que o filho atende.
Estamos lançando uma página de dinâmicas no nosso blog chamada dinâmicas para a catequese, para ajudar os catequistas em seu trabalho catequético. Gostaríamos de saber a sua opinião. Deixe o seu comentário para que saibamos se o nosso trabalho está ajudando. Você pode comentar ao lado do blog na sessão deixe o seu recado ou no final de cada post. Sua opinião é muito importante para que saibamos se devemos continuar.

Leia a matéria completa aqui ►

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Dinâmicas para a catequese

Uma das preocupações de nossa Paróquia é em como dinamizar um encontro sem fugir do tema proposto pela catequese, auxiliando no processo de formação e organização e possibilitando a criação e recriação do conhecimento no grupo.

Com dinâmicas nos encontros de catequese, os participantes exercitam o que pensam, o que sentem, o que vivem e sofrem se libertando da timidez.

As técnicas participativas geram um processo de aprendizagem libertador porque permitem:

1. Desenvolver um processo coletivo de discussão e reflexão.

2. Ampliar o conhecimento individual, coletivo, enriquecendo seu potencial e conhecimento.

3. Possibilita criação, formação, transformação e conhecimento, onde os participantes são sujeitos de sua elaboração e execução.

Não podemos confundir dinâmica com pedagogia. Para que uma técnica sirva como ferramenta educativa libertadora deve ser utilizada em função de temas específicos, com objetivos concretos e aplicados de acordo com os participantes com os quais esteja trabalhando.

Em uma dinâmica deve existir objetivo claro a se alcançar; materiais-recursos que ajudem na execução e na aplicação da dinâmica (TV, vídeo, som, papel, tinta, mapas...). Outros recursos que podem ser utilizados em grupos grandes são o retroprojetor, exposições dialogadas, além de técnicas de teatro, tarjetas e cartazes; ambiente-clima: O local deve ser preparado de acordo, para que possibilite a aplicação da dinâmica (amplo, fechado, escuro, claro, forrado, coberto...), onde as pessoas consigam entrar no que está sendo proposto; tempo determinado com início, meio e fim; clareza no desenvolvimento que permita todos participarem; perguntas e conclusões para permita resgatar a experiência, avaliando: o que foi visto; os sentimentos; o que aprendeu; o momento da síntese final e dos encaminhamentos.

Estamos lançando uma página em nosso blog chamada de “Dinâmicas para a catequese”, para auxiliar nossos amigos catequistas em seu trabalho. Dê a sua opinião para que saibamos se devemos continuar ou não. A sua opinião é muito importante para nós.

Leia a matéria completa aqui ►

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Festa de Santa Rosa de Lima


Domingo, 8 de agosto de 2010, encerramento da festa de Santa Rosa de Lima na comunidade de Santa Rosa a 15 Km do Ipu. Para conhecer Santa Rosa de Lima basta entra no nosso Site, na página Formação permanente, Aprendendo com os Santos. (basta clicar no menu ao lado, no link formação ou no link acima.)
Hoje está completando um ano da primeira missa do Padre Marcone em sua cidade, por este motivo não pode celebrar conosco, já que está celebrando com seus parentes e amigos. Quem presidiu a celebração foi o nosso Pároco, Padre Raimundo Nonato. A capela não é tão grande mais tinha muita gente.
Havia 8 crianças para serem batizadas e 9 crianças para receberem a primeira Eucaristia. Para conhecer as crianças e sua catequista é só visitar a página festa dos santos. A primeira celebração foi do batizado e logo em seguida a Santa Missa. Na homilia, Padre Raimundo Nonato falou da importância dos dos pais buscarem a oração como caminho para chegar a Deus, e de rezarem juntos com os filhos.
Falou também da fragilidade da vida humana e que não sabemos o dia de amanhã, por isso devemos estar sempre preparados pois o mais importante é a vida eterna. Como exemplo citou o caso do acólito da comunidade de Abílio Martins, que pela manhã do sábado esteve na reunião de formação na matriz, foi para casa, a tarde participou de um joguinho de bola com os amigos e derrepente caiu. Ataque cardiáco. Faleceu no local. A vida é assim! Enquanto uns celebram a alegria de realizações, outros celebram tristes pela separação a esperança da ressurreição.

Leia a matéria completa aqui ►

domingo, 8 de agosto de 2010

Visita Catequética ao bairro das Pedrinhas


Hoje, 08 de agosto de 2010, eu, Osorio Soares enquanto coordenador de catequese da Paróquia do Ipu, fiz uma vizita missionária catequética a comunidade das Pedrinhas. O destaque do encontro foi a ótima recepção feita pelos catequistas. Fiquei muito feliz pela acolhida. O encontro aconteceu na creche que tem o nome de Escola municipal de ensino fundamental Nossa Sra de Fátima. É tambem nesta escola que acontece a catequese semanal para as crianças. Depois que os catequistas fizeram a acolhida e a oração com as crianças, fiz uma rápida catequese com os mesmos. Expliquei que Deus é nosso Pai bondoso e sabe respeitar a nossa vontade nos dando liberdade para escolhermos o caminho que queremos seguir. A única exigência que Ele faz, é que quem quiser sua ajuda, reconheça que o amor está acima de tudo, e isto não se explica; por este motivo devemos amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como Ele amou (dando a vida por todos). Deus no seu poder infinito se divide em três pessoas para multiplicar o seu amor por nós. Chamamos de Mistério da Santíssima Trindade.
Como Pai, cria todas as coisas para que possamos ser felizes para sempre; como Filho, é o único caminho existente para o céu; como Espírito Santo, está a todo momento pronto para nos ajudar. Se o que nos afasta de Deus é o pecado, o que une a Ele é a obediência aos seus mandamentos. Para os Pais falei que Jesus antes de subir ao céu deixou esta ordem: “Ide ao mundo inteiro ensinando a todos os povos a guardarem o que vos ensinei, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, fazendo com que todos sejam meus discípulos.
E eis que eu estarei convosco até o fim dos tempos” (Mt 28, 19-20). Desta afirmação de Jesus podemos concluir que todo aquele que é batizado é um discípulo de Jesus e tem a obrigação de seguir o Mestre. Na Crisma recebe o envio para a missão. A promessa de estar conosco, Ele realiza através da Santa Eucaristia; “Todo aquele que comer a minha carne e beber o meu sangue, tem a vida em mim e eu nele”. “Quem quiser me seguir tome a sua cruz e siga-me”.

“Seja um servo de Deus e será salvo tu e tua família”.

Expliquei que muita gente se afasta da Eucaristia devido o pecado, mas que, se educar os filhos para o ciscipulado, tem grandes chances de alcancarem o céu devido os bons frutos.

Leia a matéria completa aqui ►

o que é ser Pai


SER PAI É PODER ABRAÇAR O SOL / BEIJAR A LUA / ACREDITAR QUE A GALAXIA É SUA / É SENTIR O ARREBOL.

SER PAI É ENXERGAR DETALHES / VER NOS PEQUENOS FATOS / GRANDES ATOS / UMA VIDA SEM MALES.

SER PAI É SENSIBILIZAR-SE COM O SOFRIMENTO DE ALGUEM / NÃO DESPREZAR NINGUEM / É TER UM GRANDE BEM.

SER PAI É APROVEITAR O MOMENTO COMO SE O AMANHÃ NÃO EXISTISSE / É CONTAR AS ESTRELAS COMO SE TODAS SE UNISSEM / É VER A GLÓRIA DE DEUS COMO SE O CÉU SE ABRISSE.

SER PAI É CONTEMPLAR O FIRMAMENTO / SE EXPOR AO RELENTO / SENTINDO A BRISA SUAVIZAR O MOMENTO.

SER PAI É TRADUZIR SENTIMENTOS / EMOÇÕES E PENSAMENTOS / E TRANSMITI-LOS AO MUNDO /BUSCANDO NO FUNDO / SENSIBILIZAR CORAÇÕES.

SER PAI É DESEJAR TANSFORMAR: / SOFRER EM VIVER / DESISTIR EM PROSSEGUIR / ORGULHO EM PERDÃO / FICTICIO EM REAL / ÓDIO EM AMOR.

SER PAI É ACREDITAR QUE VIVER É UMA ARTE, E QUE SABENDO EXPRESSÁ-LA, OS HORIZONTES SE ABRIRÃO E EM CADA CORAÇÃO FLORESCERÁ O AMOR.

Para ver mais mensagens acesse nosso blog de mensagens

Leia a matéria completa aqui ►

Visita Catequética ao Sítio Macaco


Sabado, 07 de agosto de 2010, eu, Osorio Soares coordenador de catequese da paróquia do Ipu, estive em visita missionária catequética na comunidade do Sítio Macaco, que fica próximo a saída da cidade do Ipu rumo a cidade de Ipueiras, distância de 2 Km. A reuníão aconteceu na escola municipal da localidade, local também da catequese. Fizemos a recepção com a presença das crianças, depois pedimos que os catequistas retirassem as crianças de 7 anos. O motivo da saida das crianças de sete anos é que a falta de maturidade para o assunto que seria tratado na reunião. Entre outros assuntos falamos sobre a importância da catequese para as famílias.
Antes, a catequese não passava de algumas reuniões, onde os catequistas obrigavam os catequizandos a decorarem a doutrina e depois da 1ª comunhão logo esqueciam. Muitas vezes não sabiam nem mesmo porque deveriam fazer aquilo. Hoje, a catequese acontece de uma maneira diferente. A catequese no Ipu acolhe as crianças de 7 anos para os primeiros passos com Jesus, catequese que chamamos de "Iniciação à Eucaristia". Esta catequese é para ensinar as primeiras orações, já que hoje, os pais não mais ensinam as primeiras orações aos seus filhos. Esta catequese aproxima as crianças de Deus, ensina o amor e o respeito pela natureza e pelas coisas sagradas, em especial a oração, a Palavra de Deus e o respeito pro tudo que vem de Deus. A criança adqueri um livro chamado caderno de atividades contendo tarefas relativas aos encontros e orações que ele irá aprender.
A pré catequese acontece como segundo ano de preparação para as crianças que agora tem 8 anos. Esta catequese ensina a doutrina, e as principais orações do cristão. Agora, cada criança adquire um livro escrito e confeccionado pela paróquia, e que tem o título de " Oração do Cristão". Este livro passa a ser o companheiro da criança. É como se fosse o primneiro catecismo. Aos 9 anos a criança irá conhecer Jesus e sua igreja, o valor da Eucaristia como centro e princípio da vida cristã, para que amando-o possa adorá-lo e assim desejar fazer parte de sua vida, tornando-se assim um discípulo. Agora está pronto para receber Jesus Eucarístico pela 1ª vez. Pedimos as mães para incentivar seus filhos a participarem da perseverançã, dando continuidade a catequese até a crisma, e quem sabe um grupo de Jovem. O exemplo maior é os catequista desta comunidade que começaram na crisma, na época fui o catequista, e que ao serem crismados assumiram a catequese local, alguns perseverando até hoje. Hoje temos diversos agentes pastorais nesta comunidade, fruto da missão e da catequese. na foto abaixo os catequista da comunidade.
Leia a matéria completa aqui ►