Compartilhe com seus amigos.

domingo, 28 de novembro de 2010

Primeiro Domingo do advento - primeira vela


Em clima de fé e alegria queremos iniciar o Ano Litúrgico e o Advento acendendo a primeira vela do Advento de cor roxa que simboliza a nossa atitude de vigilância, espera e abertura para o Senhor que virá. Reúna a sua Família e celebre conosco todo o advento. Estaremos publicando uma celebração diária. Durante a semana você pode rezar o terço do Advento e junto com Maria esperar o "Menino Deus que vem em nosso auxílio".
QUE A LUZ DE CRISTO, ENXUGUE TODAS AS LÁGRIMAS, ACABE COM TODAS AS TREVAS, CONSOLE QUEM ESTÁ TRISTE E ENCHA NOSSOS CORAÇÕES DA ALEGRIA DE PREPARAR SUA VINDA NESTE NOVO ANO DE GRAÇA!
Leia a matéria completa aqui ►

1º Domingo do Advento - Batismo


1º Domingo do Advento é acesa a primeira vela de cor roxa e a comunidade da Matriz de São Sebastião começa a sua preparação para o Natal, o nascimento de Menino Jesus, o Filho de Deus. Começamos um novo ano litúrgico, já que a contagem dos dias do ano civil é diferente. O ano litúrgico começa com o Advento, tempo do Natal e termina com a festa de Cristo Rei, tempo Comum.

Vivemos um ano intenso de festa em nossa paróquia, além da preparação para o Natal de Jesus, estamos também nos preparando para um passo muito importante na vida de nossas crianças, as crianças da nossa catequese que irão fazer a sua 1ª Eucaristia na Igreja Matriz.

Os preparativos para a 1ª eucaristia começam sempre com o Batismo das crianças que ainda não são cristãs. Esse Batismo aconteceu hoje foram 31 crianças batizadas, sendo que 25 irão fazer a 1ª eucaristia este ano.

Na próxima quarta-feira, dia 30 começam as confissões que se estenderão até o dia 02 de dezembro. São 19 centros catequéticos e 339 crianças que receberão Cristo pela 1ª vez. A 1ª Eucaristia dessas crianças será na festa da Imaculada Conceição de Nossa Senhora, dia 08 de dezembro de 2010. Inicia às 7h da manhã com a procissão saindo da Capela de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, do Patronato, em direção à Igreja Matriz.

A nossa igreja Matriz está sendo reformada. Desde Junho que trabalhamos no telhado e a previsão de encerramento da reforma é janeiro. Esta é só a primeira parte. Falta muita coisa para fazer e o dinheiro não temos. Existe muitas maneiras de você ajudar. Confira aqui algumas maneiras e o andamento da obra.
Estamos lançando mais uma maneira de você contribuir com a reforma da Matriz. A partir de dezembro duas jovens com um colete igual o da foto estarão andando em todas as casas do Ipu fazendo o cadastro de quem quiser ajudar. Esta ajuda será através de um carne com a quantia que você estipular. Você poderá quitar o seu carne mensalmente na secretaria da Paróquia ou um agente da igreja poderá receber em sua casa no dia pré-marcado. Você que mora fora do Ipu e quer ajudar também pode. É só solicitar o seu carne. Faça igual a Família Soares Gomes na foto abaixo e moram em Fortaleza. Eles já solicitaram o seu carne e já estão contribuindo.


Leia a matéria completa aqui ►

sábado, 27 de novembro de 2010

Tempo do Natal - Rosário de Advento - TEMPO DE ESPERA


Estamos celebrando o tempo litúrgico de Advento em comunhão com a igreja do mundo inteiro. Neste tempo vamos nos preparar para celebrar o Natal, como comemoração da primeira vinda do Filho de Deus entre os homens, enquanto esperamos sua volta gloriosa e definitiva ao final dos tempos. É um tempo Mariano por excelência já que nossa Mãe, Maria Santíssima, aparece cooperando ativamente no mistério da Reconciliação preparando o nascimento do Messias. Maria foi em tudo obediente ao Pai, nos ensinando que para alcançarmos a Graça de Deus precisamos também sermos obedientes. É por isso que, em sua presença e companhia, vivemos este tempo de espera e de conversão.

Durante os domingos do advento acenderemos as velas do advento celebrando a cada domingo um tempo de espera e preparação para a chegada do Salvador.

Durante a semana rezaremos o terço do advento.


Leia a matéria completa aqui ►

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Festa de Nossa Senhora da Medalha milagrosa



Desde 1830 Nossa Senhora se manifesta lamentando os pecados do mundo, oferecendo perdão e misericórdia à humanidade pecadora e prevendo severos castigos caso ela não se convertesse. Mas também anunciando que, após esses castigos, viria um triunfo esplendoroso do Bem.

A Imaculada Virgem Maria vem a terra para mostrar e relembrar a seus filhos o caminho que leva a seu Filho e Nosso Senhor Jesus Cristo.

Nossa Senhora vem trazer-nos um sinal, o seu retrato em uma Medalha bendita derramando Suas Graças aos filhos que pedirem a sua intercessão; e por causa dos seus prodígios e milagres, o povo cristão deu a esta medalha o título de “Milagrosa”.

A Medalha Milagrosa é um rico presente que Maria Imaculada quis oferecer ao mundo no século XIX, como penhor dos seus carinhos e bênçãos maternais, como instrumento de milagres e como meio, de preparação para a definição dogmática de 1854. Foi neste ano que aconteceu a solene proclamação do dogma da Imaculada Conceição.

A Santíssima Virgem escolheu para a confidência dos seus desígnios a comunidade das Filhas da Caridade, fundada por São Vicente de Paulo, para recompensar de certo a devoção que o Santo São Vicente de Paulo, sempre teve à Imaculada Conceição de Nossa Senhora, e que deixou por herança aos seus filhos e filhas espirituais. A festa da medalha milagrosa de Nossa Senhora das Graças é dia 27 de Novembro.

E a eleita como instrumento de revelação do seu desejo chamava-se Catarina Labouré.

Simbolismo da Medalha Milagrosa

1ª Aparição - 2ª Aparição - Outras aparições

Leia a matéria completa aqui ►

terça-feira, 23 de novembro de 2010

O VERDADEIRO SENTIDO DO NATAL

“Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei, para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos”. (Gálatas 4:4-5)

O verdadeiro sentido do natal e seu significado são eternos e não podem ser esquecidos. O Natal nos remete ao mistério de Cristo, o filho de Deus feito homem e nascido de uma mulher e nos torna filhos de Deus.

Para muitas pessoas o Natal é uma época de festa, trocas de presentes e outros tantos nem sabem o que comemoram, apenas festejam. Outros até falam que é tempo de reunir a família, mas agem como se fosse um feriado pagão, dedicado a satisfazer os apetites da carne, sem nenhum significado espiritual.

O que temos que fazer não é condenar a comemoração do Natal, mas sim colocar Jesus no Natal das pessoas, aproveitarmos esse momento de sensibilidade e reflexão para fazer as pessoas entenderem o verdadeiro significado do nascimento de Jesus.

O Natal significa Esperança. Mas esperança em que? Se não tivermos Esperança, para que celebrar?

A Esperança do cristão está em celebrar Deus que se faz homem e vem morar no meio de nós. “ E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade”. (João 1:14)

Quando o homem descobrir o mistério da vinda do Senhor Jesus compreenderá que o Natal não é apenas um feriado, um dia para se trocar presentes, para se usar roupas novas, nem tampouco um dia pra reunir toda a família ao redor de uma mesa farta e cear, mas sim:

“um dia muito importante, para a revelação do amor maior de Deus”.

Deus se faz homem nascendo de uma mulher na pessoa de Jesus Cristo. Esta é a nossa esperança:

“E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas”. (Apocalipse 21:4)

São por estes e muitos outros motivos que precisamos estar bem preparados para a chegada do menino Deus. Esta preparação se dá através do Advento. Queremos nos preparar juntos com você e sua família. Estaremos publicando a cada semana uma celebração do advento acompanhado com as velas que devem ser acesas uma a cada semana. Prepare bem o seu coração e sua família.
Leia a matéria completa aqui ►

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Símbolos de Natal

Estamos iniciando mais um ano litúrgico. O Ano Litúrgico é o tempo que marca as datas dos acontecimentos da História da Salvação. Não é como o ano civil, que começa em 1º de Janeiro e termina em 31 de dezembro, mas começa no 1º domingo do Advento (preparação para o Natal) e termina no último sábado do tempo comum, que é na véspera do 1º domingo do Advento. O ano litúrgico está dividido em grandes etapas chamada de ciclos.
O ciclo do Natal dá início ao ano litúrgico. Com o Ciclo do Natal começa também os gastos com enfeites, presentes, gastos desnecessários. Com este artigo queremos esclarecer algumas dúvidas em relação aos símbolos do Natal.
O termo símbolo, com origem no grego sýmbolon, designa um elemento representativo que está (realidade visível) em lugar de algo (realidade invisível) que tanto pode ser um objecto como um conceito ou idéia, determinada quantidade ou qualidade. O "símbolo" é um elemento essencial no processo de comunicação, encontrando-se difundido pelo quotidiano e pelas mais variadas vertentes do saber humano. Embora existam símbolos que são reconhecidos internacionalmente, outros só são compreendidos dentro de um determinado grupo ou contexto (religioso, cultural, etc.).Ele intensifica a relação com o transcendente.
Também pode ser uma palavra ou imagem que designa outro objeto ou qualidade por ter com estes uma relação de semelhança.O homem não vive sem sinais e símbolos. Seu pensar, seu conhecer, seu expressar o real e o espiritual é realizado através de símbolos. Ele transforma tudo em símbolos para ser entendido pelos outros. Assim a língua falada e escrita e as artes nas suas diversas expressões (pintura, escultura, música, dança ...) são os símbolos mais comuns.
O homem se expressa simbolicamente também através da fé e da cultura, e o natal é uma expressão de fé e de cultura do povo cristão
Conheça melhor a grandeza dos significados dos símbolos do Natal:
Leia a matéria completa aqui ►

domingo, 21 de novembro de 2010

Reforma da igreja matriz de Ipu.

Veja como está a reforma da igreja matriz de Ipu. Entrevista com Osorio Soares in loco.

Matéria feita por Fagner Freire http://www.ipunoticias.net/
Leia a matéria completa aqui ►

Festa de Cristo rei


Hoje celebramos a festa de Cristo Rei, encerrando o longo caminho iniciado no Advento do ano passado. Na próxima semana começaremos um novo ano, um novo caminho, uma nova oportunidade de mergulharmos no mistério de Cristo.

A festa de Cristo Rei nos leva a meditar profundamente no sonho de Jesus de Nazaré, o Reino de Deus. Não só o sonho de Jesus, o Filho de Deus, mas também de seu Pai. Deus sempre quis um mundo em que reinasse a justiça o amor e a paz, a verdade e a vida, a santidade e a graça. Por causa de seu amor infinito pela humanidade, Deus deu ao homem o livre arbítrio. A liberdade fez do homem escravo de seu próprio egoísmo, afastando-o da Graça santificante e conduzindo-o ao reino do pecado.

O Filho é enviado pelo Pai para instaurar o Seu Reino: “Cumpriu-se o tempo, o Reino de Deus está próximo” Lc 21, 31. “O Reino de Deus está dentro de vós” Lc 17, 21. Ele já está presente entre nós, mas ainda não se completou. É o que a teologia chama de escatologia: “já” e “ainda não”. Seus sinais já são visíveis. Ele já acontece nas pessoas, na prática do amor e da santidade, sobretudo pelo amor e serviço aos pobres e aos excluídos.

A celebração de Cristo Rei é a festa do leigo. Nesta festa celebramos o encerramento de um período da construção do Reino ( o que já construímos no ano que passou) e começamos outra etapa (o que ainda não realizamos com a graça de Deus, o que continua esperando por nós). Esta festa é a grande celebração da esperança, feita das esperanças do dia a dia. Esperança que nos vem da certeza de nossa Ressurreição e da transformação do mundo em que vivemos: “Eis que eu faço novas todas as coisas” Ap 21, 5.
Agora podemos dizer com muita convicção: “Podes Reinar, Senhor Jesus oh sim, o teu poder teu povo sentirá. Que bom Senhor Saber que estás presente aqui, Reina Senhor neste lugar” Na próxima semana começaremos uma nova etapa.

Leia o artigo completo.

Leia a matéria completa aqui ►

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Igreja Católica sobe para 2º lugar no ranking de instituições mais confiáveis

icjbrasil_igrejacatolicaUma pesquisa que aponta o Índice de Confiança na Justiça (ICJ Brasil), feita pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), revela que a Igreja Católica está em 2º lugar no ranking de confiança das instituições. Com 54%, ela fica atrás apenas das Forças Armadas, que têm 66%.

Antes a Igreja ocupava a 7ª posição, com 34%. Houve, portanto, um aumento de 60% no terceiro trimestre deste ano em comparação com os três meses anteriores.

"A Igreja só perde para as Forças Armadas e ganha de longe do governo federal e, inclusive, das emissoras de TV que normalmente são instituições consideradas confiáveis pela população", disse a professora da Direito GV e coordenadora do ICJ Brasil Luciana Gross Cunha.

O ICJ Brasil foi criado pela Escola de Direito da FGV para verificar o grau de confiança no Judiciário e como a população utiliza o poder para a reivindicação de direitos e busca por soluções. Nesta pesquisa o Judiciário aparece em 8º lugar com 33%.

Outras instituições tiveram o seguinte resultado: Grandes Empresas (44%); Emissoras de TV (44%); Governo Federal (41%); Imprensa escrita (41%), Polícia (33%); Congresso Nacional (20%) e os partidos políticos (8%).

Fonte CNBB

Leia a matéria completa aqui ►

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Desaba parte do teto da Igrejinha - Patrimônio Histórico da cidade do Ipu

Um dos patrimônios mais importantes e antigos, ícone da cidade do Ipu, é a Igrejinha de Nossa Senhora do Desterro. É uma construção secular que infelizmente está em desgaste estrutural. O Art. 15 das Disposições Transitórias, da Lei Orgânica do Município de Ipu, de 05 de Abril de 1990, inclui entre outros prédios, a Igrejinha, inclusive o Cruzeiro, como patrimônio histórico do Município.

No sábado, dia 10 de outubro de 2009, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e a Associação dos Filhos e Amigos do Ipu (AFAI), nas pessoas de seu presidente, Henrique Augusto Pereira Pontes, e de seu vice, Sebastião Valdemir Mourão, estiveram em visita de trabalho à Igrejinha, ao pároco Raimundo Nonato Timbó e ao Riacho Ipuçaba. Conforme consta no relato do presidente afaiense, em reunião da Diretoria, quarta-feira (14).

Essas visitas à Igrejinha e ao Ipuçaba nasceram na primeira reunião realizada em Fortaleza, entre a AFAI, AILCA e IPHAN, tendo surgido importantes orientações do IPHAN aos diretores da AFAI e acadêmicos da AILCA, para a solução das degradações e invasões do Patrimônio Historio do Ipu, quando também foram tratados assuntos sobre a Bica e o Riacho Ipuçaba. A questão da poluição dele foi levantada pelo próprio superintendente do IPHAN, segundo o presidente da AFAI. Então, naquela ocasião, nasceu a necessidade de atualização do projeto da Igrejinha, que agora motivou essa visita do superintendente do órgão.

Recentemente foram colocados em pauta a recuperação a Estação Ferroviária, a Igrejinha e a construção do Parque da Bica do Ipu. A Igrejinha foi o primeiro patrimônio a ser cercado para a execução das obras de restauração. A Estação Ferroviária foi entregue no aniversário do município como recuperada; a demolição do Balneário da Bica já foi iniciada para a construção do Parque; a Igrejinha continua do mesmo jeito… ou melhor, começou a cair o teto.

Ontem, dia 31 de outubro de 2010, por volta de 20h, uma parte do teto da sacristia da Igrejinha desabou. O que mais precisa acontecer para que as autoridades tomem as medidas cabíveis para a preservação do prédio? Há alguns anos o Padre Raimundo Nonato vem alertando para este perigo. Será preciso acontecer mais desastres ou até mesmo a própria estrutura desabar para que as autoridades zelem pelo interesse do nosso Patrimônio Histórico? Não preciso dizer mais nada, as fotos relatam o estado em que se encontra.

Leia a matéria completa aqui ►