Compartilhe com seus amigos.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Mensagem para a Páscoa

Todos os anos, nos cristãos celebramos a Páscoa. Esta celebração quer lembrar a toda a humanidade que Deus se faz presente na História e oferta ao homem condições para ser feliz plenamente.
Mas em que consiste a felicidade? A felicidade consiste na realização pessoal do indivíduo em busca da renovação comunitária de dias melhores e esperança para concretizarem sonhos que antes seriam utopias!
O cristão foi feito imagem e semelhança de Deus,  homem novo todos os dias. A cada dia Deus concede uma nova oportunidade de renovação. Não só para ter e possuir "coisas novas", mas, sobretudo, para realizar-se como "ser novo". "Eis que faço novas todas as coisas" (Ap 21,5).
A "novidade" é Cristo que veio ao mundo, que viveu conosco, morreu, ressuscitou e continua para sempre presente, com o seu Espírito vivificador. Mt 28, 20. Somente Nele é que podemos "tornar-nos novos". Para isso, é necessário "revestir-nos" de Cristo, entrar Nele e Nele habitar, de sorte que nossa vida esteja realmente escondida com Ele em Deus. Quando Cristo aparecer, então também nós apareceremos com Ele na glória (cf. Cl 3,3-4).
Eis o grande presente que Jesus nos dá através de sua morte e ressurreição. Ao vencer a morte ele nos deu a certeza da vida nessa e na outra dimensão. Vida que se manifesta nas pequenas vitórias conseguidas no cotidiano. Vida que se manifesta no sorriso da criança, na sabedoria dos mais experientes, no nascer e no por do sol, na comunhão com a natureza, nas relações de amizade, nas dificuldades enfrentadas com coragem, no pão que se partilha, nas lágrimas que se enxuga, na boa ação que se realiza, etc.
O anúncio da Páscoa que alegrava os corações dos primeiros cristãos, continua alegrando-nos, cristãos de uma época sedenta de "novidade", na qual cientistas e técnicos gastam suas vidas em busca de novas descobertas. Não sabem eles que o segredo da "novidade" inesgotável se encontra em cristo nossa Páscoa: "Se alguém está em Cristo, é criatura nova. O que era antigo passou, agora tudo é novo" (2 Cor 5,17).
Quando se esquece de que o ser humano foi feito para vencer porque Jesus venceu, perde-se a esperança e deixa-se tudo o que é ruim triunfar no coração. Somente quem é capaz de questionar-se é capaz de crescer. Na ressurreição ganhamos uma oportunidade de nos libertarmos da morte e do pecado. O "velho mundo" do pecado torna-se "novo" na Ressurreição de Cristo. Cada coração humano visitado pelo poder da Redenção ressurge para uma "vida nova". 
A "criatura nova" adquire visão nova para perceber e contemplar a nova realidade que irá acontecendo nela e em volta dela. É como se nesta alegria todas as esperanças do Povo de Deus se tornasse realidade. Esperança de libertação, de entrada na Terra Prometida, de ressurreição da justiça. O passado se torna presente em nossas vidas. Passam-se céus e terras, mas não passa o desejo de vermos uma nova terra, um novo céu onde reinará o amor e a justiça, inaugurados pelo Ressuscitado, um "mundo novo", onde a morte não tem mais vez nem a última palavra, e sim Vida para todo ser humano que crê no Filho Ressuscitado de Deus.
Páscoa é vitória, é o homem chamado a sua maior dignidade. Como não se alegrar pela vitória d'Aquele que tão injustamente foi condenado à paixão mais terrível e à morte de cruz?, pela vitória d'Aquele que anteriormente foi flagelado, bofeteado, cuspido, com tanta inumana crueldade.
A Ressurreição nos revela a nossa vocação cristã e nossa missão: aproximá-la a todos os homens. O homem não pode perder jamais a esperança na vitória do bem sobre o mal. Creio na Ressurreição?; creio e vivo em minha vocação e missão cristã?; creio na ressurreição futura?; são perguntas que devem ser feitas.
Jesus disse: Eu sou a ressurreição e a vida (João 11:25). A ressurreição é a esperança das classes mais pobres se  libertarem de seu flagelo social e ter uma condição digna de sobrevivência e distribuições de recursos de formas mais justas.
Páscoa é liberdade; é confirmação da fé no Deus da justiça e na paz entre as pessoas.
Leia também

O que é Páscoa