Compartilhe com seus amigos.

domingo, 17 de abril de 2011

Semana Santa

Todos os anos, nós cristão fazemos da Quaresma um tempo propício para intensificar a nossa oração e penitência, abrindo o nosso coração à dócil aceitação da vontade divina. Nela, é nos indicado um percurso espiritual que nos prepara para reviver o grande mistério da morte e ressurreição de Cristo, a “Semana Santa”.
A Semana Santa é a ocasião em que celebramos a paixão de Cristo, sua morte e ressurreição. "No mistério pascoal, Deus Pai, por meio do Filho no Espírito Paráclito, oferece para o homem o perdão de seus pecados e a libertação da morte".
A semana santa foi celebrada pela primeira vez no ano de 1682, através do Papa Silvestre I no Concílio de Nicéia, onde os ensinamentos da doutrina católica passam a ser religião oficial do Império Romano.
Foi determinado que a semana santa fosse constituída de oito dias. Seu início se deu no domingo de ramos, através da entrada do Rei, do Messias, na cidade de Jerusalém, para comemorar a páscoa judaica. Na segunda-feiraseguinte foi o dia em que Maria ungiu Cristo; na terça-feira foi o dia em que a figueira foi amaldiçoada; a quarta-feira é conhecida como o dia das trevas; a quinta-feira foi a última ceia com seus apóstolos, mais conhecida como a instituição da Eucaristia. A sexta-feira foi o dia do seu sofrimento, sua crucificação. Sábado é conhecido como o dia da oração e do jejum, onde os cristãos choram pela morte de Jesus. No sábado a noite acontece a Vigília PascalE, finalmente, odomingo de páscoa, o dia em que ressuscitou e encheu a humanidade de esperança de vida eterna.
O tempo da Quaresma se prolonga até a Quinta-feira da Semana Santa. A Missa Vespertina da Ceia do Senhor é a grande introdução ao santo Tríduo Pascoal. O Tríduo Pascoal tem início na Sexta-feira da Paixão, prossegue com o Sábado de Aleluia, e chega ao ápice na Vigília Pascoal terminando com as Vésperas do Domingo da Ressurreição.
No começo da semana-santa, as paróquias, capelas, colégios, hospitais e centros de evangelização oferecem aos fiéis a oportunidade do Sacramento da Reconciliação como preparação espiritual para acompanhar ao Senhor Jesus na entrega de Si mesmo por nós. É necessário que o tempo da Quaresma termine com alguma celebração penitencial a nível social, que sirva de preparação para uma participação mais plena no mistério pascoal.
Leia a matéria completa aqui ►

domingo, 10 de abril de 2011

Vaticano convoca blogueiros do mundo







Sujeitos fundamentais da nova comunicação
CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 8 de abril de 2011 (ZENIT.org) – Os Conselhos Pontifícios da Cultura e para as Comunicações Sociais convocaram um encontro de blogueiros em Roma, no dia 2 de maio.
“Este encontro tem como objetivo permitir um diálogo entre os blogueiros e representantes da Igreja, compartilhar experiências dos que trabalham diretamente neste campo e compreender melhor as necessidades desta comunidade”, explica um comunicado de imprensa emitido pelos organizadores.
“O encontro permitirá também apresentar algumas das iniciativas que a Igreja está empreendendo para entrar em contato com o mundo dos novos meios de comunicação, tanto em Roma como em outros lugares”, acrescenta a nota.
Nos dois painéis previsto, diversos relatores apresentarão alguns aspectos decisivos para uma discussão geral aberta a todos os participantes.
No primeiro painel, cinco blogueiros, representantes de diversas áreas linguísticas, abordarão temas específicos.
O segundo painel oferecerá o testemunho de pessoas implicadas na estratégia comunicativa da Igreja. Elas apresentarão suas experiências de trabalho com os novos meios de comunicação, assim como as iniciativas para assegurar um compromisso efetivo da Igreja com o mundo dos blogs.
Entre os participantes estarão o cardeal Gianfranco Ravasi, presidente do Conselho Pontifício da Cultura, o arcebispo Claudio Celli, presidente do Conselho Pontifício para as Comunicações Sociais, e o padre Federico Lombardi, diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé.
Ao apresentar nesta sexta-feira a iniciativa, o cardeal Ravasi reconheceu que “sabemos que no geral os blogueiros são um pouco provocadores”. Mas ele mesmo questionou: “Como seria possível ignorá-los? São sujeitos fundamentais da nova comunicação”.
Um aspecto importante do encontro será a possibilidade de estabelecer contatos e intercâmbios informais entre os participantes, para abrir no futuro novos cenários de interação.
O encontro acontecerá um dia depois da beatificação de João Paulo II, aproveitando a presença em Roma de numerosos blogueiros.
Os que desejarem participar devem enviar um e-mail para blogmeet@pccs.it, colocando o link do respectivo blog. A sede do encontro será o auditório São Pio X, na Via da Conciliação, n. 5.

Bíblia Católica News

Leia a matéria completa aqui ►

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Papa envia mensagem ao povo do Rio de Janeiro e se diz consternado com atentado contra crianças


O papa Bento XVI enviou um telegrama, na manhã de hoje, 8, ao arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, no qual se diz “profundamente consternado pelo dramático atentado realizado contra crianças indefesas”, no bairro de Realengo (RJ). O telegrama foi enviado por meio do secretário de Estado, o cardeal Tarcisio Bertone.
Segundo o cardeal, o papa convida todos os cariocas, diante desta tragédia, a dizer não à violência que “constitui caminho sem futuro, procurando construir uma sociedade fundada sobre a justiça e o respeito pelas pessoas, sobretudo os mais fracos e indefesos”, disse.
No final da mensagem o papa concede a todo o povo brasileiro a sua Benção Apostólica.
No mesmo telegrama, o núncio apostólico no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri, diz estar unido à dor dos que perderam parentes e amigos e manda uma mensagem ao arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani.
“Uno às palavras do cardeal Tarcisio Bertone, à minha fervente oração a Deus Todo poderoso e rico em misericórdia, nesta circunstância tão dolorosa na sua arquidiocese”, disse dom Lorenzo.
Leia a íntegra da mensagem abaixo:
Excelência Reverendíssima
Cumpro o dever de transmitir a Vossa Excelência, o telegrama de Sua Eminência o cardeal Tarcício Bertone, Secretário de Estado:
Exmo Revmo Dom Orani João Tempesta
Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro
Profundamente consternado pelo dramático atentado realizado contra crianças indefesas em um colégio municipal no bairro do Realengo, o Sumo Pontífice deseja assegurar através de Vossa Excelência Revma sua solidariedade e conforto espiritual às famílias que perderam seus filhos e toda a comunidade escolar, com votos de pronta recuperação dos feridos.
O Santo Padre convida todos os cariocas, diante desta tragédia, a dizer não à violência que constitui caminho sem futuro, procurando construir uma sociedade fundada sobre a justiça e o respeito pelas pessoas, sobretudo os mais fracos e indefesos.
Em nome de Deus, para que a esperança não esmoreça nesta hora de prova e faça prevalecer o perdão e o amor sobre o ódio e a vingança, Sua Santidade Papa Bento XVI concede-lhes uma confortadora bênção apostólica.
Cardeal Tarcísio Bertone
Secretário de Estado de Sua Santidade
Uno às palavras do Cardeal, minha fervente oração a Deus Todo poderoso e rico em misericórdia, nesta circunstância tão dolorosa na sua Arquidiocese.
Aproveito o ensejo para expressar meus sentimentos de alta estima.
Dom Lorenzo Baldisseri
Núncio Apostólico
Assessoria de Imprensa da CNBB
Tel.: (61) 2103-8313
Fax: (61) 2103-8303    
Leia a matéria completa aqui ►

sábado, 2 de abril de 2011

Paróquia de Ipu realiza 1ª reunião de Pais e catequistas com a presença do Pároco.

Sábado passado, dia 2 de abril, na capela do PSC aconteceu a primeira reunião de Pais e Catequistas da Paróquia de São Sebastião de Ipu. O encontro aconteceu as 15,30h com a presença maciça dos pais. Nunca tinha acontecido na cidade uma reunião assim. O resultado foi positivo.

O encontro começou com a oração dirigida pelo pároco que em seguida apresentou a catequese do Ipu, seus objetivos e propósitos, seus anseios e preocupações. Fez um pequeno histórico da catequese no Ipu, apresentou o trabalho desenvolvido pelos catequistas, falou da importância dos pais na educação dos filhos, em especial na formação religiosa.

Alertou para o valor da Eucaristia na vida do cristão, na importância da continuidade na catequese de perseverança após a primeira Eucaristia até a crisma, completando a Iniciação Cristã. Pediu que os Pais dessem exemplos do amor a Deus através da oração e da participação na santa missa, de preferência juntos com os filhos e na necessidade dos filhos participarem da missa das crianças, todos os sábados as 16 horas na capela do patronato.

Pe. Nonato falou ainda do desejo de ter os jovens que participam dos grupos jovens com grupos de perseverança. Seria o inicio vocacional do seu grupo.

O coordenador apresentou a estrutura da catequese. Os grupos catequéticos são formados de um líder e quatro catequistas: 1 para crianças de 7 anos – iniciação a Eucaristia; 1 para crianças de 8 anos – pré catequese; 1 para preparação à primeira Eucaristia – crianças de 9 anos; 1 para crianças que estão perseverando na catequese. Cada catequista deve trabalhar com um catequista suplente.

Falou da importância das crianças na freqüência em todas as fases da catequese para sua perfeita iniciação cristã e da contribuição que os pais podem dar, até sendo catequista.
Leia a matéria completa aqui ►

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Papa reza pelos jovens


paparezandoA Sala de Imprensa da Santa Sé informou hoje, 1º de abril, que nas intenções de oração do papa Bento XVI para este mês estão o anúncio do Evangelho aos jovens e àqueles que ainda não conhecem a Boa Nova de Jesus.
A intenção do papa para o Apostolado da Oração é: “Para que, através do anúncio crível do Evangelho, a Igreja saiba oferecer sempre, às novas gerações, renovadas razões de vida e esperança”.
Sua intenção missionária é: “Para que, através da proclamação do Evangelho e do testemunho da sua vida, os missionários levem Cristo a todos os que ainda não O conhecem”.
Assessoria de Imprensa da CNBB
Tel.: (61) 2103-8313
Fax: (61) 2103-8303
Leia a matéria completa aqui ►

Mensagem para a Páscoa

Todos os anos, nos cristãos celebramos a Páscoa. Esta celebração quer lembrar a toda a humanidade que Deus se faz presente na História e oferta ao homem condições para ser feliz plenamente.
Mas em que consiste a felicidade? A felicidade consiste na realização pessoal do indivíduo em busca da renovação comunitária de dias melhores e esperança para concretizarem sonhos que antes seriam utopias!
O cristão foi feito imagem e semelhança de Deus,  homem novo todos os dias. A cada dia Deus concede uma nova oportunidade de renovação. Não só para ter e possuir "coisas novas", mas, sobretudo, para realizar-se como "ser novo". "Eis que faço novas todas as coisas" (Ap 21,5).
A "novidade" é Cristo que veio ao mundo, que viveu conosco, morreu, ressuscitou e continua para sempre presente, com o seu Espírito vivificador. Mt 28, 20. Somente Nele é que podemos "tornar-nos novos". Para isso, é necessário "revestir-nos" de Cristo, entrar Nele e Nele habitar, de sorte que nossa vida esteja realmente escondida com Ele em Deus. Quando Cristo aparecer, então também nós apareceremos com Ele na glória (cf. Cl 3,3-4).
Eis o grande presente que Jesus nos dá através de sua morte e ressurreição. Ao vencer a morte ele nos deu a certeza da vida nessa e na outra dimensão. Vida que se manifesta nas pequenas vitórias conseguidas no cotidiano. Vida que se manifesta no sorriso da criança, na sabedoria dos mais experientes, no nascer e no por do sol, na comunhão com a natureza, nas relações de amizade, nas dificuldades enfrentadas com coragem, no pão que se partilha, nas lágrimas que se enxuga, na boa ação que se realiza, etc.
O anúncio da Páscoa que alegrava os corações dos primeiros cristãos, continua alegrando-nos, cristãos de uma época sedenta de "novidade", na qual cientistas e técnicos gastam suas vidas em busca de novas descobertas. Não sabem eles que o segredo da "novidade" inesgotável se encontra em cristo nossa Páscoa: "Se alguém está em Cristo, é criatura nova. O que era antigo passou, agora tudo é novo" (2 Cor 5,17).
Quando se esquece de que o ser humano foi feito para vencer porque Jesus venceu, perde-se a esperança e deixa-se tudo o que é ruim triunfar no coração. Somente quem é capaz de questionar-se é capaz de crescer. Na ressurreição ganhamos uma oportunidade de nos libertarmos da morte e do pecado. O "velho mundo" do pecado torna-se "novo" na Ressurreição de Cristo. Cada coração humano visitado pelo poder da Redenção ressurge para uma "vida nova". 
A "criatura nova" adquire visão nova para perceber e contemplar a nova realidade que irá acontecendo nela e em volta dela. É como se nesta alegria todas as esperanças do Povo de Deus se tornasse realidade. Esperança de libertação, de entrada na Terra Prometida, de ressurreição da justiça. O passado se torna presente em nossas vidas. Passam-se céus e terras, mas não passa o desejo de vermos uma nova terra, um novo céu onde reinará o amor e a justiça, inaugurados pelo Ressuscitado, um "mundo novo", onde a morte não tem mais vez nem a última palavra, e sim Vida para todo ser humano que crê no Filho Ressuscitado de Deus.
Páscoa é vitória, é o homem chamado a sua maior dignidade. Como não se alegrar pela vitória d'Aquele que tão injustamente foi condenado à paixão mais terrível e à morte de cruz?, pela vitória d'Aquele que anteriormente foi flagelado, bofeteado, cuspido, com tanta inumana crueldade.
A Ressurreição nos revela a nossa vocação cristã e nossa missão: aproximá-la a todos os homens. O homem não pode perder jamais a esperança na vitória do bem sobre o mal. Creio na Ressurreição?; creio e vivo em minha vocação e missão cristã?; creio na ressurreição futura?; são perguntas que devem ser feitas.
Jesus disse: Eu sou a ressurreição e a vida (João 11:25). A ressurreição é a esperança das classes mais pobres se  libertarem de seu flagelo social e ter uma condição digna de sobrevivência e distribuições de recursos de formas mais justas.
Páscoa é liberdade; é confirmação da fé no Deus da justiça e na paz entre as pessoas.
Leia também

O que é Páscoa


Leia a matéria completa aqui ►