Compartilhe com seus amigos.

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Livro orações do Cristão

Um dos subsídios mais usados em nossa catequese é um livro intitulado "Orações do Cristão". Trata-se de um pequeno catecismo contendo uma catequese simplificada, um resumo da doutrina da igreja, o santo terço meditado e um pequeno questionário para ajudar os catequizandos a assimilarem melhor o conteúdo da catequese. Este subsídio colocamos nas mãos de todos os catequizandos
O livro agora é apresentado aos cristãos em sua versão digital. Para mais informação ou até mesmo a leitura do livro pode visitar a nossa página e fazer o seu comentário.
Leia a matéria completa aqui ►

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

A dinâmica na catequese - Interação fé e vida

Um dos maiores desafios da catequese é preparar crianças, não só para os sacramentos, mas também para a vida e vida em comunidade. Existem muitas maneiras para se alcançar estes objetivos. Um deles é o princípio metodológico da interação. No dia a dia usamos interações que produzem efeitos benéficos. Um exemplo disso é o fermento, a água e o trigo que ao se juntarem, misturarem, interagirem se transformam produzindo um pão capaz de matar a fome de muita gente.


Na catequese também é assim; é preciso fazer as crianças interagirem, misturando aquilo que é propriamente da fé (Bíblia, tradição, liturgia, doutrina, ensinamentos da Igreja...) com coisas que eles encontram no dia a dia (acontecimentos, realidade, situações, aspirações, clamores, fatos alegres e tristes, brincadeiras, dinâmicas...).


A finalidade não é oferecer diversão, mas um momento agradável, baseado em escolhas que apresentam resultados, ajude a criança à aprender brincando com objetos que conhecem muito bem. Desta maneira o catequista educa para Ação-Reflexão, baseados nos ensinamentos e testemunhos de Jesus, que se preocupou em educar seus discípulos para uma reflexão, partindo da vida (pobres, crianças, doentes, excluídos...), com um linguajar de fácil compreensão (Parábolas).
Pensando nisto estamos sempre preparando dinâmicas de acordo com a vida das crianças. Visite a nossa página de dinâmicas. Estamos no mês dedicado à Palavra de Deus. Queremos ensinar a Palavra de Deus brincando, refletindo e memorando com o bingo de Jesus.
Leia a matéria completa aqui ►

sábado, 17 de setembro de 2011

Conhecer ou viver a Palavra de Deus?


O conhecimento da Palavra de Deus é muito importante, mas não é suficiente para que uma pessoa se torne verdadeiramente cristã. O importante é assumir os valores que estão presentes nela, de modo que a Palavra de Deus se torne vida das pessoas, e assim elas testemunhem esses valores para todos e manifestem o amor de Deus para com seus filhos e filhas. Jesus nos faz uma grave advertência no Evangelho de hoje: "Portanto, prestai atenção à maneira como vós ouvis!" Existem doutores na Palavra de Deus, mas que fazem da Palavra de Deus apenas objeto de conhecimento. É claro que o conhecimento da Palavra de Deus é importante, mas devemos ser doutores na sua vivência.
Faça a entronização da Palavra de Deus em sua vida. Deixe deus orientar os seus passos. Só Ele pode apontar o caminho certo a seguir.
Leia a matéria completa aqui ►

domingo, 11 de setembro de 2011

2ª Assembleia Catequética Paroquial

Paróquia de São Sebastião – Ipu
Diocese de Sobral
Aconteceu na nos dias 27 e 28 de agosto de 2011 a segunda Assembleia catequética na Paróquia do Ipu. Esta assembleia é uma oportunidade que a Paróquia tem para reunir todos os seus catequistas, promover um bom relacionamento humano, trocar experiências, avaliar a caminhada, preparar uma nova etapa e celebrar com os catequistas já que aqui na cidade do Ipu sempre acontece no dia do Catequista.
No primeiro dia, pela manhã aconteceu a acolhida com dinâmicas de acolhida e oração. Em seguida os participantes foram divididos em grupo para uma avaliação. Após a avaliação o Padre Nonato, Pároco, assumiu os trabalhos, apresentando o conteúdo em telão e no final do encontro entregou três livros com todo o conteúdo.
A Assembleia deste ano teve caráter formativo. O objetivo foi preparar os catequistas para bem participarem das celebrações litúrgicas: Conhecendo a liturgia passo a passo; Como preparar uma celebração litúrgica em todos os seus aspectos; Como celebrar. O grande intuito da assemblei foi desafiar os catequistas à mergulhar no mistério da liturgia (participação na vida de Deus) e aprofundar progressivamente a vida de comunhão com o Pai, por Cristo, no Espírito Santo. Afinal, “esta é a base de nossa fé, de nossa liturgia, de nossa ação como cristãos.
A assembleia foi dividida em três Etapas:

1ª Etapa – O que é uma equipe Litúrgica – Ano Litúrgico

Partindo do princípio de que se deve ter em mente dois tipos de equipe litúrgica para definir em que quadro a sua equipe se encontra. Existe a pastoral litúrgica e a equipe de celebração litúrgica propriamente dita. A pastoral litúrgica promove, organiza, dinamiza e programa a vida litúrgica como um todo numa comunidade, paróquia, ou diocese... A equipe de celebração, como o nome bem diz, é o grupo de pessoas que acolhem, presidem, leem, comentam, animam. Ainda podemos acrescentar sacristãos, ministros extraordinários da comunhão eucarística e, por que não dizer catequistas, já que os mesmos preparam crianças e adultos para uma vida sacramental.
Para complementar esta etapa, o catequista precisa conhecer e viver o ano litúrgico assim como vive o ano civil ou até mais, já que não somos obrigados a estarmos inseridos em todas as atividades civis, mas para participarmos da Glória de Deus, precisamos participar do seu mistério celebrado em três anos (Ano A, B e C), divididos em três ciclos(Natal, Pascal e Tempo Comum).

2ª Etapa – Como formar uma equipe Litúrgica


Nesta Parte foi apresentada a celebração litúrgica, desde o momento em que os membros da equipe se reúnem para preparar a celebração, a organização de cada etapa da mesma, da procissão de entrada até a saída.

3ª Etapa – Equipe de Cânticos

Nesta etapa foi apresentado o que é certo e o que é errado fazer durante a celebração, distinguindo os músicos de um show com os músicos de uma celebração.
No domingo, dia do catequista, começamos com a santa missa celebrada em ação de graças pelos catequistas, o envio do Padre e se estendeu até o meio dia, terminando com o almoço comunitário (Durante os dois dias foram servidos almoço e lanche no local para não haver dispersão).
Toda a nossa preocupação (por parte da coordenação) era a participação integral dos catequistas. Não aconteceu já que tivemos uma média de 80 pessoas e os nossos catequistas são mais de 150. Obviamente este fato não deixou o nosso pároco satisfeito, Fica uma interrogação: Porque os nossos catequistas não compareceram? Muitos catequistas desejam um trabalho assim e não tem.

Leia a matéria completa aqui ►