Compartilhe com seus amigos.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Dinâmicas de Grupo para a catequse


Dinâmica de grupo é uma ferramenta de estudo de grupos e também um termo geral para processos de grupo. Em psicologia e sociologia, um grupo são duas ou mais pessoas que estão mutuamente conectadas por relacionamentos sociais. Por interagir e influenciarem-se mutuamente, grupos desenvolvem vários processos dinâmicos que os separam de um conjunto aleatório de indivíduos. Estes processos incluem normas, papéis sociais, relações, desenvolvimento, necessidade de pertencer, influência social e efeitos sobre o comportamento. O campo da dinâmica de grupo preocupa-se fundamentalmente com o comportamento de pequenos grupos. Grupos podem ser classificados como agregados, primários, secundários e grupos de categoria, também aplicado em testes para admissão em empregos.

As dinâmicas são exercícios com espírito lúdico, que têm por objetivo criar oportunidades preciosas de convívio enriquecedor para os participantes, estreitando os laços entre os envolvidos e trazendo mais vigor às relações humanas.
As dinâmicas são consideradas instrumento de grande eficácia para questões de motivação, criatividade, assertividade, cooperação e outros. São utilizadas para levantar diagnóstico e ajudar a melhorar o trabalho em grupo dentro das instituições.
Dynamis é uma palavra grega que significa força, energia, ação. Quando Kurt Lewin utilizou essa expressão e começou a pesquisar os grupos, seu objetivo era o de ensinar às pessoas comportamentos novos através da Dinâmica de Grupo, ou seja, através da discussão e de decisão em grupo, em substituição ao método tradicional de  transmissão sistemática de conhecimentos.
O que se espera alcançar de resultados, com a utilização da Dinâmica de Grupo?
Alguns objetivos gerais são:
A) Desinibir a capacidade criadora dos participantes, levando-os a se tornarem bastante desenvoltos;
B) Melhorar a capacidade de comunicação dos participantes;
c) Contribuir para construir novas relações entre os seres humanos;
d) Resgatar a auto estima dos participantes;
e) Desenvolver a capacidade de respeitar as diferenças individuais e a
diversidade cultural;
f) Auxiliar no desenvolvimento da capacidade de amar;
g) Estimular a reflexão e a revisão de atitudes e comportamentos,
levando a novas formas de ser e conviver.
h) Aumentar a coesão do grupo;
3
i) Proporcionar um aperfeiçoamento do trabalho coletivo. Aprender a
trabalhar em grupo;
j) Transformar o potencial do grupo, fazendo-o crescer em igualdade
harmônica de relacionamento interpessoal.
Na Dinâmica de Grupo o comportamento e as atitudes individuais serão transformadas em trabalho de grupo, isto, porque, os participantes se sentirão profundamente sensibilizados por aquilo que acontece, por sentirem e por observarem processo que eles aprenderão a conceituar.
Um dos maiores desafios da catequese é preparar crianças, não só para os sacramentos, mas também para a vida e vida em comunidade. Existem muitas maneiras para se alcançar estes objetivos. Um deles é o princípio metodológico da interação. No dia a dia usamos interações que produzem efeitos benéficos. Um exemplo disso é o fermento, a água e o trigo que ao se juntarem, misturarem, interagirem se transformam produzindo um pão capaz de matar a fome de muita gente.
Na catequese também é assim; é preciso fazer as crianças interagirem, misturando aquilo que é propriamente da fé (Bíblia, tradição, liturgia, doutrina, ensinamentos da Igreja...) com coisas que eles encontram no dia a dia (acontecimentos, realidade, situações, aspirações, clamores, fatos alegres e tristes, brincadeiras, dinâmicas...).
A finalidade não é oferecer diversão, mas um momento agradável, baseado em escolhas que apresentam resultados, ajude a criança à aprender brincando com objetos que conhecem muito bem. Desta maneira o catequista educa para Ação-Reflexão, baseados nos ensinamentos e testemunhos de Jesus, que se preocupou em educar seus discípulos para uma reflexão, partindo da vida (pobres, crianças, doentes, excluídos...), com um linguajar de fácil compreensão (Parábolas).
Pensando nisto estamos sempre preparando dinâmicas de acordo com a vida das crianças. Visite a nossa página de dinâmicas.