Compartilhe com seus amigos.

domingo, 4 de agosto de 2013

Homenagem da Catequese ao Padre Nonato


O mês de Agosto nos convida à reflexão para a importância da nossa vocação, descobrindo nosso papel e nosso compromisso com a Igreja e a sociedade. Estudos e meditações que devem nos levar à ação, vivenciando no dia-a-dia o chamado que o Pai nos faz. A verdadeira felicidade está em descobrir a vocação, que nasce da abertura da porta do coração a Deus, para que entre e faça nele a sua morada. Que a celebração do mês vocacional nos traga as bênçãos do Pai para vivermos a nossa vocação sacerdotal, diaconal, religiosa ou leiga. Todas elas são importantes e indispensáveis. Todas elas levam à perfeição da caridade, que é a essência da vocação universal à santidade.

Iniciamos o mês celebrando logo no primeiro domingo a vocação sacerdotal.
O Sacerdote é chamado o homem de Deus. É o intermediário entre Deus e os homens; é a ponte: representa Deus aos olhos dos homens e os homens aos olhos de Deus (Paulo VI). Os presbíteros nas palavras do apóstolo Pedro devem “ser pastores do rebanho de Deus” (cf.1Pd 5,1-4). Isto nos diz que os ministros ordenados são fiéis cristãos que receberam, no Sacramento da Ordem, uma marca perpétua na alma, que não se apaga jamais. Esta marca os constitui ministros de Cristo, mestres da oração, para servir não a si mesmos, mas ao povo de Deus.
Os ministros ordenados ao responderem o chamamento divino oferecem o próprio testemunho de vida. São assim, mestres da oração e amigos de Deus para cuidar com zelo de todos os vocacionados e vocacionadas, homens e mulheres que desde o batismo foram chamados por Deus a uma vocação.
O Sacramento da Ordem concede ao sacerdote um aumento da graça santificante, o caráter sacramental que lhes dá o poder para exercer as funções sagradas, e as graças para fazê-lo dignamente.
O sacerdote deve sempre ser tratado com respeito, pelo caráter do seu ministério, e com muito amor e amizade. Nunca deve ser esquecido que o sacerdote é um homem com sentimentos e necessidades como qualquer um de nós.
Para demonstrar o carinho que temos pelo nosso Pároco, na missa da catequese celebrada pelos catequistas e catequisandos de nossa paróquia, aproveitamos para fazer uma homenagem ao sacerdote e parabeniza-lo, não só pelo dia do Padre, mas também pelo seu aniversário recente, celebrado dia 30 de julho.
No ofertório da missa, crianças levaram até o altar uma espécie de Baú repleto de mensagens feitas pelos catequisandos do Patronato e um boneco confeccionado pela catequista Terezinha de Jesus.
Na Ação de Graças, as mesmas crianças, em nome das demais, fizeram a entrega dos presentes. Em seguida, outra criança leu uma mensagem ( leia amensagem aqui).
Após a benção, as crianças subiram ao altar e todas tiveram que abraça-lo.

Foi muito emocionante e comovente.