Compartilhe com seus amigos.

domingo, 29 de setembro de 2013

A Alegria de ser Franciscano - Venha conhecer.

Conta-se que um dia o rei francês, Carlos IX, perguntou a um poeta, qual é, no seu entender a pessoa mais feliz. O poeta respondeu: “Deus!” O rei rebateu: “Isso eu sei, mas quero saber quem é o ser mais feliz sobre a terra”. Então o poeta disse: “É simples: a pessoa mais feliz é aquela que busca aproximar-se o mais possível de Deus, isto é, a pessoa virtuosa”. Não existe virtude maior do que estar em paz com Deus, com a própria consciência e com o próximo.
Esta é uma felicidade duradoura. Os nossos antepassados nos passaram um conceito triste do Sagrado, dos santos e até do próprio Deus. Muitas pessoas acham que o ser religioso é um ser triste, melancólico, que precisa viver em constante sacrifício. O sacrifício se faz necessário, mas quando se faz por amor e não por obrigação. Lendo e meditando a Bíblia descobrimos tantos textos que exaltam a alegria e a colocam como dom do Espírito Santo, que deve ser cultivado e vivido!
Quando conheci a Ordem Franciscana no Ipu descobri uma alegria contagiante que os diferenciava de outras Pastorais. O prazer de participarem dos encontros, das viagens, do partilhar, do celebrar, do encontro com os irmãos... Então me aprofundei um pouco na história de São Francisco para descobrir de onde surgira tanta alegria em viver o Evangelho de uma maneira diferenciada.
Eu já sabia da felicidade dos santos em testemunhar a alegria de ser cristão, fazendo em primeiro lugar a vontade de Deus e assim se enriquecendo do Amor Divino. Uma vez cheio do Espírito Santo, consequentemente do Amor de Deus, o cristão transborda este amor ao seu semelhante. Fazendo o irmão feliz a pessoa se sente realizado e reflete a Felicidade de Deus.
Quem  Evangeliza leva a Boa Notícia de que Deus nos ama e nos quer salvar. Lembra-nos que o amor é a essência da vida e brota do Coração do Senhor. Quem ama contagia, reflete bondade, esperança, caridade, ainda que passe por provações. Por isso, o cristão é alguém naturalmente feliz, alegre, pois tem motivos concretos para isso. Sabe pela fé que Deus é a fonte e razão de sua alegria. Não é algo passageiro, pois sabemos pelas histórias dos santos que esta alegria é transcendental.
São Francisco de Assis é conhecido como santo alegre e bem humorado. Quando se apaixonou pelo Evangelho, deixou as riquezas e as mordomias da casa paterna, a festa com seus amigos, abandonou a segurança (aos olhos da sociedade) de um futuro garantido mas medíocre. Deu-se conta que ser jovem, ter dinheiro, conforto, família rica, festas... não lhe dava alegria, paz, felicidade...Mergulhando, passo a passo, no Evangelho, sente o amor de Deus que se revela no pobre, no necessitado, no carente, sente Deus que se revela na natureza, nas flores e plantas, nas criaturas mais insignificantes. Deixa-se amar e busca corresponder a este amor. Experimenta que Deus é tudo! Para quem vive isto, tem motivos suficientes para ter o coração em festa. Por isso todos o viam sempre alegre, cantarolando, sorridente... O desafio é imitá-lo.
O contágio do carisma Franciscano, dotado de um temperamento festivo, alegre e otimista, deu marca a alegria humana e cristã. Além disso, ele a incluiu como projeto na sua primeira regra. “Cuidem-se os frades para não se mostrarem tristes e com rosto fechado como os hipócritas, mas sim, felizes no Senhor, jubilosos e muito alegres” (Francisco de Assis).
A alegria franciscana é uma virtude cultivada nas relações fraternas. Para isso o próprio Francisco prescreveu para que a alegria fosse o clima permanente e dominante nos encontros da fraternidade. Alegria que se cultiva em ambiente de leveza e experiência celebrativa.
Venha conhecer esta alegria franciscana, conhecendo a Ordem Franciscana aqui no Ipu. É simples: entre em contato com nossa fraternidade informando o seu nome completo, endereço e, seu telefone de contato. Nós da OFS lhe daremos todas as orientações necessárias assim como informaremos local e data das reuniões da Fraternidade. Desde já, convidamos você a nos fazer uma visita, e conhecer nossos irmãos e matar todas as curiosidades para tornar-se franciscano/a secular (leigo/a casado/a ou solteiro/a) e praticar um jeito diferente de evangelizar a si próprio/a, a sua família e os irmãos e irmãs do seu convívio.
Eis as nossas coordenadas:
Ordem Franciscana Secular de Ipu,
Fraternidade de São Sebastião
Contatos:
Candida Ribeiro de Mesquita
Fone: (88) 3683-1295
Francisco Rodrigues
Fone: (88) 9606-1151
Beto
Fone: (88) 9956-1240
Ou fale com um dos irmãos que você conheça que fazem parte da Ordem Franciscana Secular.


“Um ser humano vale o que é aos olhos de Deus e nada mais.”

(São Francisco de Assis)