Compartilhe com seus amigos.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Semana Catequética 2013 na Paróquia do Ipu


Começa nesta Sexta feira, no Auditório do Patronato Sousa Carvalho, a XI Semana Catequética da Paróquia do Ipu. A Semana Catequética Será de 30 de Agosto a 1º de Setembro, sendo que dia 30, sexta feira o início será às 19 horas com o encerramento domingo com o almoço. O Tema da Semana é “Iniciação a Vida Cristã. Onde será? Com Quem contar?” Especificamente sábado e domingo estaremos estudando o 5º capítulo do Estudo 97 da CNBB “Iniciação a Vida Cristã”. Em 2014 queremos trabalhar com o olhar voltado para uma vida verdadeiramente cristã para os nossos catequisandos.
Veja o histórico e as fotos das nossas semanas Catequéticas 


1 - TEMA: Catequese no Novo Milênio  14 a 18 de Agosto de 2000

2 - TEMA: “Com adultos, Catequese Adulta” 20 a 24 de agosto de 2001
3 - "Com Adultos, Catequese Adulta" 25 a 30 de agosto de 2002

5 - TEMA: Queremos ver Jesus Caminho, Verdade e Vida 23 a 28 de agosto de 2004
6 - TEMA: Ouvir e Proclamar a Palavra 22 a 28 de agosto de 2005
8 - Não temos registros da oitava semana
9 - TEMA:catequese: caminho para o discipulado e a missão - 27 a 31 de Agosto de 2008
10 - PORQUE ANO CATEQUÉTICO? - 19 a 21 de Agosto de 2009




Leia a matéria completa aqui ►

domingo, 25 de agosto de 2013

Dia do Catequista 2013 em Ipu

Nasci em uma época em que a igreja estava passando por diversas mudanças. Foi bem no  encerramento do concílio Vaticano II, onde uma das mudanças lembrei muito na missa celebrada pelo Padre Raimundo Nonato, no dia vocacional leigo em que comemoramos: “O dia do Catequista”. A lembrança que não pude deixar de registrar, mesmo sem ter visto alguma vez celebrar foi a de uma missa tridentina.

A Missa Tridentina é a liturgia da Missa do Rito Romano contida nas edições típicas do Missal Romano que foram publicados de 1570-1962. Foi a liturgia da missa mais amplamente celebrada em todo o mundo, até que o Concílio Vaticano II, pediu sua revisão, o que ocasionou a promulgação de uma nova liturgia, pelo Papa Paulo VI, em 1969. O Papa Bento XVI em 2007 pelo, regulamentou a possibilidade do uso da liturgia tridentina; no rito romano nas missas privadas celebradas sem o povo, os padres podem usar livremente a liturgia tridentina;

Uma outra curiosidade foi ver o coro pela primeira vez. Digo curiosidade porque o coro era dividido por espaço (3 de cada lado) onde caberia talvez 4 ou 8 cadeiras, quantia aproximada de uma família. Isto me fez lembrar de história que afirmam, no nosso passado as igrejas tinham lugares reservados para algumas famílias. Algum historiador seria capaz de contar para nós o porquê destes espaços? Ou melhor: Quem é o catequista que tem relatos desta época?

Celebramos a missa com uma pequena presença dos catequistas e logo em seguida nos dirigimos para o Patronato Sousa Carvalho, onde aconteceu o sorteio do bingo em prol da catequese. A novidade deste bingo foi a quantidade de prêmios feita em um só sorteio. Foram vinte prêmios para um bingo tradicional, mas com uma inovação, acredito que o primeiro bingo tradicional (25números na cartela) no Ipu conferido por computador. Com a presença de vários catequistas no sorteio, a divulgação dos ganhadores foi feita em tempo real pelo facebok, onde a alegria foi ver que pessoas de diversos lugares foram contemplados. Eis a relação dos ganhadores e dos prêmios.


Prêmio
GANHADOR
RESPONSÁVEL
DVD A bonita arte de Deus
672-6
Maria Sophia
(Gorette Timbó)
DVD Desenhos Bíblicos Vol 1
136-8
Andressa Veras
Barra da Ingazeira
DVD Desenhos Bíblicos Vol 2
383-2
Gustavo
Cristiana PEREIROS
4
DVD Desenhos Bíblicos Vol 3
540-1
Larissa Maria
Antonia de Maria IAM
5
Desenhos Bíblicos Vol 4
224-0
Maria Edilândia
São José dos Martins
6
DVD Desenhos Bíblicos Vol 5
289-5
Maria Pinto
Antonia de Fátima
7
DVD Desenhos Bíblicos Vol 6
298-4
Antonia Lais R
Antonia de Fátima
8
José, o Pai de Jesus
390-5
Pedro Isaac
Cristiana PEREIROS
9
Amigos do Céu
480-4
Anailson
Alexandra, janelson
10
Amigos do Céu
366-2
Rafaella Camelo
Shel e Joana
11
10 mandamentos p crianças vol 1
613-0
Santana Marçal
Dayana Caixa d’água
12
10 mandamentos p crianças vol 2
392-1
Maria Gleiciane
Cristiana PEREIROS
13
O Amigo Jesus
307-7
Iran Filho
Ana Marta ENGENHO
14
Jesus, o Amigo da Família
438-3
Olivia Nobre
Odete MONS GONÇALO
15
Irmão sol, irmã lua
488-0
Iana
Rosinha e Debora
16
KIT Iniciação
537-1
Larissa Dantas
IAM
17
KIT Pré
679-3
Glaucia
Gorette Timbó
18
Kit Eucaristia
552-5
Maria Izair
Patronato
19
Catecismo
655-6
Karina
Porta do Céu
20
Aparelho de DVD
930-0
Antonio Rafael
IAM
Leia a matéria completa aqui ►

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Revista digital exclusiva sobre catequese traz inovação para o Dia do Catequista

Às vésperas do Dia do Catequista, celebrado no próximo dia 25 de agosto, a Igreja no Brasil recebe com entusiasmo uma inovação: uma revista digital voltada exclusivamente para os catequistas, com o nome Sou Catequista.

A publicação é uma iniciativa da agência Minha Paróquia, assessorada pelo  Pe. Jose Alem com o apoio da Arquidiocese de Campinas. O aplicativo está disponível gratuitamente para tablets e smartphones com os sistemas Android e IOS (iPad, iPhone e iPod touch) e também há uma versão para leitura interativa no sitewww.soucatequista.com.br, que permite fazer o download em PDF (Acrobat Reader).

Segundo Ana Paula, jornalista responsável pelo projeto, a ideia da revista digital surgiu com a intenção de oferecer conteúdos aprofundados para catequistas, mas com uma linguagem nova e por meio de mecanismos modernos. “Nossa maior preocupação é apresentar conteúdos que estejam alinhados às questões atuais da sociedade, com total abertura aos sinais dos tempos; por esse motivo, optamos por inovar, trazendo uma revista digital para poder alcançar mais catequistas — não somente do Brasil, mas dos demais países de língua portuguesa —, aproveitando a quebra de fronteiras promovida pelo avanço tecnológico e pela internet”, explica no editorial da revista.

O acesso às novas tecnologias e a forma como elas estão inseridas na rotina das pessoas têm provocado diversos debates entre estudiosos. Um dos últimos levantamentos realizados pela consultoria Nielsen revelou que o Brasil já é o 4º no mundo a utilizar tablets e smartphones, 3 em cada 10 pessoas possuem um desses dispositivos e os utilizam em sua rotina para acessar redes sociais, e-mails e ler publicações. “Como nossa intenção é chegar ao máximo de catequistas com esse material de qualidade, focamos um trabalho 100% digital e, com isso, ampliamos as possibilidades indo além do texto, inserindo conteúdos multimídia; é bom também perceber a vantagem em ter algo que pode ser lido com facilidade, por exemplo, no ônibus ou no intervalo da faculdade”, explica a jornalista.

A primeira edição traz 80 páginas com textos exclusivos feitos com a colaboração de 20 colunistas, dentre eles Dom Eduardo Pinheiro, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB, e sacerdotes e catequistas membros da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética.


Identidade e vocação do catequista

Dom Jacinto Bergmann, arcebispo de Pelotas e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética, iniciou sua mensagem pelo Dia do Catequista, publicada nesta semana, com a pergunta: “O que seria da Igreja no Brasil sem a plêiade de catequistas espalhados por todas as ‘periferias existenciais’ do seu imenso território?”. Este grupo já conta com cerca de 800 mil pessoas, segundo dados da comissão liderada por Dom Jacinto, e desempenha um papel único na evangelização.

A matéria de capa da primeira edição da revista digital Sou Catequista se baseou nesse tema para trazer o título "Catequistas: jardineiros que cultivam o jardim da fé", em que, em um diálogo com Frei Almir Guimarães e seis catequistas de diferentes localidades do Brasil, foi refletida a identidade e vocação do catequista.

“O nome da revista já expressa identidade: ‘sou catequista’. Comunicamos a um grupo muito especial da Igreja que, antes de qualquer coisa, possui um chamado de Deus para servir, ser inspirado e inspirar pessoas. Queremos levar com esta matéria de capa e com os vários artigos desta edição o ânimo para seguir em frente, dizer que vale a pena tanto esforço e agora eles podem contar com mais um apoio: uma revista digital, rica em conteúdo e interatividade ”, conclui Ana Paula.

Serviço
Revista digital Sou Catequista
Publicação mensal gratuita
Site: www.soucatequista.com.br
Versão para Android: http://goo.gl/UWg9U0
Versão para IOS: http://goo.gl/uJjhg8
Leia a matéria completa aqui ►

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Vocação Matrimonial.


A fé cristã nos ensina que não nascemos apenas do encontro do amor de um homem com uma mulher, mas, todos somos pensados e queridos por Deus desde sempre e para sempre. Toda pessoa tem uma origem divina e humana ao mesmo tempo.
No Mês de Agosto precisamos refletir, meditar e rezar muito para despertar na mente e no coração das pessoas o amor pelo serviço ao reino de Deus. Jesus nos manda fazer de todos os povos seus discípulos, batizando em nome da Trindade. Enquanto todos não estiverem a serviço de Deus teremos muito que fazer. Cada semana de agosto tem uma vocação especifica para meditarmos:
Motivado pelo dia dos pais, no segundo domingo, celebramos a vocação Matrimonial, chamados a ser pai, mãe, gerar a vida;
Leia a matéria completa aqui ►

domingo, 4 de agosto de 2013

Homenagem da Catequese ao Padre Nonato


O mês de Agosto nos convida à reflexão para a importância da nossa vocação, descobrindo nosso papel e nosso compromisso com a Igreja e a sociedade. Estudos e meditações que devem nos levar à ação, vivenciando no dia-a-dia o chamado que o Pai nos faz. A verdadeira felicidade está em descobrir a vocação, que nasce da abertura da porta do coração a Deus, para que entre e faça nele a sua morada. Que a celebração do mês vocacional nos traga as bênçãos do Pai para vivermos a nossa vocação sacerdotal, diaconal, religiosa ou leiga. Todas elas são importantes e indispensáveis. Todas elas levam à perfeição da caridade, que é a essência da vocação universal à santidade.

Iniciamos o mês celebrando logo no primeiro domingo a vocação sacerdotal.
O Sacerdote é chamado o homem de Deus. É o intermediário entre Deus e os homens; é a ponte: representa Deus aos olhos dos homens e os homens aos olhos de Deus (Paulo VI). Os presbíteros nas palavras do apóstolo Pedro devem “ser pastores do rebanho de Deus” (cf.1Pd 5,1-4). Isto nos diz que os ministros ordenados são fiéis cristãos que receberam, no Sacramento da Ordem, uma marca perpétua na alma, que não se apaga jamais. Esta marca os constitui ministros de Cristo, mestres da oração, para servir não a si mesmos, mas ao povo de Deus.
Os ministros ordenados ao responderem o chamamento divino oferecem o próprio testemunho de vida. São assim, mestres da oração e amigos de Deus para cuidar com zelo de todos os vocacionados e vocacionadas, homens e mulheres que desde o batismo foram chamados por Deus a uma vocação.
O Sacramento da Ordem concede ao sacerdote um aumento da graça santificante, o caráter sacramental que lhes dá o poder para exercer as funções sagradas, e as graças para fazê-lo dignamente.
O sacerdote deve sempre ser tratado com respeito, pelo caráter do seu ministério, e com muito amor e amizade. Nunca deve ser esquecido que o sacerdote é um homem com sentimentos e necessidades como qualquer um de nós.
Para demonstrar o carinho que temos pelo nosso Pároco, na missa da catequese celebrada pelos catequistas e catequisandos de nossa paróquia, aproveitamos para fazer uma homenagem ao sacerdote e parabeniza-lo, não só pelo dia do Padre, mas também pelo seu aniversário recente, celebrado dia 30 de julho.
No ofertório da missa, crianças levaram até o altar uma espécie de Baú repleto de mensagens feitas pelos catequisandos do Patronato e um boneco confeccionado pela catequista Terezinha de Jesus.
Na Ação de Graças, as mesmas crianças, em nome das demais, fizeram a entrega dos presentes. Em seguida, outra criança leu uma mensagem ( leia amensagem aqui).
Após a benção, as crianças subiram ao altar e todas tiveram que abraça-lo.

Foi muito emocionante e comovente.
Leia a matéria completa aqui ►

sábado, 3 de agosto de 2013

O que é vocação


Agosto é o Mês de trabalharmos as vocações.

De acordo com o dicionário da língua portuguesa, Vocação significa: Ato de chamar; Escolha, chamamento, predestinação; Tendência, disposição, pendor. Talento, aptidão.

De acordo com o Catecismo da Igreja Católica, vocação é um chamado de Deus para um caminho religioso, que é atribuído para desempenhar funções em nossa missão para a construção do seu Reino.

De acordo com a Bíblia, Jesus subiu ao monte e chamou os que Ele quis e os designou e os preparou para uma missão específica, a de levar a Sua Palavra por todo o mundo (cf. Mc 3, 13-19). São Paulo, em sua carta aos Coríntios, cita alguns dos carismas que são provenientes dos Dons: “A cada um é dada à manifestação do Espírito para proveito comum. A um é dada pelo Espírito uma palavra de sabedoria; a outro, uma palavra de ciência, por esse mesmo Espírito; a outro, a fé, pelo mesmo Espírito; a outro, a graça de curar as doenças, no mesmo Espírito; a outro, o dom de milagres; a outro, a profecia; a outro, o discernimento dos espíritos; a outro, a variedade de línguas; a outro, por fim, a interpretação das línguas. Mas um e o mesmo Espírito distribui todos estes dons, repartindo a cada um como lhe apraz.” (I Cor 12,7-11).

Portanto vocação é um dom, um talento que recebemos de Deus para bem realizarmos nosso papel na evangelização de seus filhos. Deus nos deixou 07 Dons: Sabedoria, Inteligência, Conselho, Fortaleza, Ciência, Piedade e Temor a Deus. Estes sete dons estão em nós para enriquecer a vocação que escolhermos. A Fé e a confiança no projeto de Deus são fundamentais para a felicidade no serviço vocacional.

Todos nós nascemos com uma vocação e um talento específico que iremos descobrir através do nosso Batismo.

“O Batismo, a Crisma e a Eucaristia são os Sacramentos da iniciação cristã, por isso, são a base da vocação comum de todos os discípulos de Cristo, vocação à santidade e à missão de evangelizar o mundo. Conferem as graças necessárias à vida segundo o Espírito nesta vida de peregrinos a caminho da Pátria” (CIC 1533). Os sacramentos do amor nos aproximam de Deus. Através do perdão e da reconciliação nos tornamos amigos de Deus, herdeiros do céu por meio de Jesus, aquele que deu a vida por seus amigos. Os sacramentos vocacionais nos ajudam a escolher nossa felicidade, tanto na terra como no céu. Maria, “A Rainha de todas as vocações” é o modelo vocacional para nós.

Portanto vocação é um chamado do Senhor. É Deus quem chama e envia. A iniciativa é toda de Deus.

“Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos designei para que vades e produzais frutos e o vosso fruto permaneça” (Jo 15,16).

Deus nos chama e nos capacita para o qual está chamando. Não precisamos ter medo porque a iniciativa é toda do Senhor. A nossa parte é responder dizendo “sim”, nos colocando inteiramente à disposição d’Aquele que nos chama. Devemos nos lembrar que Deus também nos deu o livre arbítrio e que devemos saber escolher o nosso futuro.

Concluímos assim que todos nós fomos escolhidos, chamados por Deus para uma missão. Há lugar para todos em Seu Reino. Existem os que pregam, os que se dedicam somente às famílias, os que defendem a pátria, os que lutam pelos direitos iguais para todos, os que servem os outros, os que vivem para servir a Jesus e sua igreja. Enfim, é infinita a missão que Deus tem para todos nós. O Senhor conta com corações abertos para colaborar com Ele nessa linda companhia. Você foi escolhido e chamado por Deus para uma missão contida na sua vocação. Saiba discernir a sua vocação e coloque a serviço de Deus e dos irmãos.

Mês Vocacional

Qual é a sua vocação?

Vocação da humanidade

Vocação dos leigos

VOCAÇÃO DO HOMEM

Vocação para o amor
Leia a matéria completa aqui ►