Compartilhe com seus amigos.

sábado, 30 de novembro de 2013

Celebrações para o Advento

Inicia-se o Advento. A chegada do Menino Deus é aguardada com imensa ansiedade pelos cristãos do mundo inteiro. Advento é a preparação para o Natal de Jesus!

Natal que, com o seu Santo poder transforma as pessoas, os ambientes, alcançando todas as camadas sociais humanas. Natal que, com a sua espiritualidade inexplicável faz brotar até nas faces mais sisudas um sorriso acolhedor, amigo e solidário.

Aproxima-se o Natal, e com ele o tempo de renovar as esperanças, para nascer de novo, se assim cada ser humano desejar. Afinal de contas, isso só poderá acontecer se o amor de Deus penetrar no coração de cada um. Porém, para isso acontecer é preciso que, cada ser humano, abra (por dentro) a porta do seu coração, vez que, o corpo humano é uma moradia cuja porta e a fechadura só abrem pelo lado de dentro.

Nesta primeira semana do advento vamos retirar a chave do nosso coração, guardada naquele local tão bem escondido, no meio de tantas desventuras, desilusões e tentações que nos afasta da verdadeira Felicidade, O Reino de Deus. Vamos abri-lo e prepara-lo para a chegada do Menino Deus. Vamos limpa-lo e torná-lo digno do nosso Rei. Vamos fazer da nossa família um presépio e do nosso coração uma manjedoura. Para isso, passaremos a semana meditando no amor de Deus por nós, através do perdão, concedido aos homens desde o paraíso.


Leia a matéria completa aqui ►

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Vamos viver um advento santo?



O tempo do Advento é um tempo de preparação para a vinda do Senhor. Esta preparação se dá com esperança, da renovação, da oração e da caridade. São quatro semanas que antecedem a data em que celebramos a encarnação do Verbo em nossa história. E a Igreja entoa, então, o cântico de esperança pela chegada do príncipe da paz, o Emanuel (Deus conosco). O refrão: “Vem Senhor, vem nos salvar. Vem sem demora nos dar a paz”, cântico que expressa toda a nossa certeza de que Jesus vem nos trazer a Paz duradoura.

Na primeira semana acenderemos a vela da ESPERANÇA: Alegre chegada e amorosa acolhida. A chegada de uma pessoa importante é sempre bem preparada e desejada. Ora, o Senhor Jesus é a pessoa mais importante em nossa vida e na história. Por isso, a sua chegada merece uma boa e santa preparação. Para que isto aconteça vamos refletir durante toda semana o valor e a busca do perdão.

Na segunda semana acenderemos a vela da  RENOVAÇÃO: O Advento é tempo de conversão e penitência. A cor roxa usada na liturgia lembra essa atitude. Jesus se encarna para fazer do homem uma nova criatura. A Igreja recomenda aos fiéis o sacramento da confissão, que é um grande instrumento de renovação espiritual e de preparação para o Natal. Já que agora sabemos o valor do perdão, vamos refletir na necessidade de arrependimento e busca de conversão, lembrando da fé dos Patriarcas e profetas.


Na terceira semana acenderemos a vela da ORAÇÃO: A oração é elemento primordial da espiritualidade cristã. Precisamos rezar mais e melhor neste advento em preparação ao Natal do Senhor. Aprender a rezar é aprender a viver. A oração nos leva a alegria, pois nos aproxima do nosso Deus. Celebramos, através da oração, a proximidade do Natal. O coração começa a palpitar de alegria. É a nossa salvação que se aproxima.

Na quarta semana acenderemos a vela da CARIDADE FRATERNA: A caridade é a essência do nosso ser e agir cristão. Por isso, somos chamados a rever nossos relacionamentos de amizade, de fraternidade, de convivência na família, com os amigos, com os colegas de trabalho e com a vizinhança. A novena do Natal em família, além de ser um momento forte de evangelização de nossas famílias, é um instrumento precioso de aprofundamento de nossas relações de amizades e de comunhão fraterna. Ninguém melhor do que Nossa Senhora para nos ensinar tudo isto. Acolhemos a mãe, aquela que dará a Luz ao Filho de Deus, o Verbo Encarnado.


Mas não para por ai.  Neste Natal vamos oferecer a Jesus um coração reconciliado com os irmãos e amigos. Para tanto, precisamos dar e receber o perdão! É por isso que vamos fazer a nossa preparação sem pressa. Serão quatro semanas de oração intensa. Aos domingos iremos acender as Velas da Coroa do Advento, seguindo a espiritualidade do advento. Todos os dias acenderemos as velas do terço do Natal. Durante cinco dias rezaremos um mistério do terço, meditando nos temas propostos para o advento. Os outros dias serão para a celebração de Gratidão e de Esperança. No Natal acenderemos uma quinta vela, a vela do menino Jesus e faremos uma lina celebração de Natal.

Reza conosco e  Na véspera de Natal será sorteado Um Dvd “Jesus amigo da família” - (90 min.) Um Filme lindíssimo, contado pelas crianças que viveram na época de Jesus. Para concorrer é muito fácil: 
Basta CURTIR NOSSA PÁGINAhttps://www.facebook.com/catequeseedinamica, compartilhar uma postagem dos nossos blogs "DINÂMICAS NA CATEQUESE" http://catequesedaparquiadeipu.blogspot.com.br/ ou "ORAÇÕES PARA ESTAR NA PRESENÇA DE DEUS" http://encontrocomosenhor.blogspot.com.br/na sua linha do tempo no facebook dizendo:
"Eu quero participar do sorteio de um dvd 'Jesus, o amigo de família' e estou curtindo a Páginahttps://www.facebook.com/catequeseedinamica" Depois compartilhe na minha linha do tempo 
https://www.facebook.com/OsorioSoaresGomes ou deixe um comentário aqui.
Leia a matéria completa aqui ►

domingo, 24 de novembro de 2013

Coroa do Advento - Como fazer


Um dos mais importantes símbolos do Natal é a coroa do Advento que, por meio de seu formato circular e de suas cores, silenciosamente expressa a esperança e convida à alegre vigilância. O círculo não tem princípio, nem fim. É sinal do amor de Deus que é eterno, sem princípio e nem fim, e também do nosso amor a Deus e ao próximo que nunca deve terminar. Além disso, o círculo dá uma ideia de “elo”, de união entre Deus e as pessoas, como uma grande “Aliança”. 
Vamos fazer uma coroa do Advento, montar o nosso Presépio e criar o nosso espaço de oração? Muita gente começa enfeitar as casas para o Natal ainda em novembro. Eu diria que é muito cedo, pois até a festa de Cristo Rei ainda é tempo comum. A festa de Cristo Rei é hoje, dia 24 de novembro de 2013. Nós temos toda esta semana para preparar nossa coroa do Advento. A que estamos ilustrando esta postagem é de 2011. Convidamos você a comprar os enfeites para amanhã iniciarmos nossa Coroa.
Na véspera de Natal será sorteado Um Dvd “Jesus amigo da família” - (90 min.) Um Filme lindíssimo, contado pelas crianças que viveram na época de Jesus. Para concorrer é muito fácil:
Basta CURTIR NOSSA PÁGINA https://www.facebook.com/catequeseedinamica, compartilhar uma postagem dos nossos blogs "DINÂMICAS NA CATEQUESE" ou "ORAÇÕES PARA ESTAR NA PRESENÇA DE DEUS" na sua linha do tempo no facebook dizendo:
"Eu quero participar do sorteio de um dvd 'Jesus, o amigo de família' e estou curtindo a Página https://www.facebook.com/catequeseedinamica" Depois compartilhe na minha linha do tempo
https://www.facebook.com/OsorioSoaresGomes ou deixe um comentário aqui.

Material a ser usado na Dinâmica:
Um castiçal para sete velas comuns.
Um castiçal para quatro velas grandes.
Quatro velas grandes nas cores Roxa, verde, rosa e branca
Quatro pacotes de velas comuns nas mesmas cores acima.
enfeites dos mais variados, de acordo com sua criatividade.
Podem preparar a manjedoura mas não se preocupe em colocar, pois tem o tempo certo. 
Estaremos montando nossa coroa do Advento na nossa página de dinâmicas na catequese.
Leia a matéria completa aqui ►

Advento, Natal - Preparação para a vinda do Senhor - Ano Litúrgico

Você sabe como é dividido o ano litúrgico? Sabia que o Ano litúrgico é diferenciado pelas letras A,B e C? Como vc monta sua árvore de Natal e sua coroa do Advento? Costuma fazer as Novenas de Natal? Que acha de ganhar um dvd com toda a história de jesus contada pelas crianças que viveram na época de Jesus?

A Constituição Sacrosanctum Concilium determinou: «Prepare se para os fiéis, com maior abundância, a mesa da Palavra de Deus: abram se mais largamente os tesouros da Bíblia, de modo que, dentro de um período de tempo estabelecido, sejam lidas ao povo as partes mais importantes da Sagrada Escritura». 

Os peritos e responsáveis pela reforma litúrgica que se seguiu acharam por bem que esse período de tempo tivesse a duração de três anos, ou seja, que as leituras escutadas na celebração da Eucaristia dominical, voltassem a escutar-se passados três anos, e que cada ano fosse indicado com as letras A, B, C. 

A cada ano, a liturgia das celebrações segue uma sequencia de leituras próprias, divididas em anos A, B e C.
- No ano “A” a leitura principal do evangelho na celebração segue o Evangelho de São Mateus;
-No ano “B”, a leitura principal do evangelho segue o Evangelho de São Marcos;
-No ano “C”, a leitura principal do evangelho segue o Evangelho de São Lucas.

Já o Evangelho de São João é reservado para as ocasiões especiais, principalmente as grandes Festas e Solenidades, para este evangelho não existe um ano litúrgico.

Como é calculado o ano litúrgico:

Para saber qual é o Ano A, B ou C, procede-se da maneira seguinte: Imaginemos que o ciclo começou no primeiro ano da contagem cristã. Deste modo, o Ano 1 teria sido o Ano A, o Ano 2 o Ano B, o Ano 3 o Ano C, e os Anos 6, 9, 12... novamente o Ano C. Deste modo o Ano C sempre será múltiplo divisível por três . Para saber facilmente se o ano em que estamos é múltiplo de três basta somar os algarismos do ano.

Ex: 2013 = 2+0+1+3= 6. 6 é múltiplo de 3, então 2013, o ano litúrgico será ano C. Assim o ano de 2012 é o ciclo B, e o ano de 2011 foi o ano litúrgico A e 2016 = 2+0+1+6 = 9 múltiplo de 3 será novamente ano C. Não existe erro! É fácil

Mas atenção!!! Existe um início antecipado!!!!

O ano litúrgico não é igual o ano civil. O início do Ano Litúrgico é sempre no primeiro domingo do Advento (cerca de quatro semanas antes do Natal) e se encerra com a solenidade de Cristo Rei do Universo do ano seguinte. É bom ficar atento para não confundir. O Ano em que estamos é 2013 e por isso ano "C" , porem, no primeiro domingo do advento, se iniciará o ano "A" para 2014. Não confunda isso. 

"Já que na próxima semana, dia 1º de dezembro de 2013 estaremos iniciando Ano A com a primeira semana do Advento, que tal começarmos este grande ciclo litúrgico com uma ampla preparação espiritual para a vinda do Salvador"? 

Tem que ser uma bela preparação, já que o nosso Salvador é princípio e fim de tudo. Ele é o Alfa e ómega". Estas letras são, respetivamente, a primeira e última do alfabeto grego (α e ω). O que significa que Jesus Cristo ou Deus simboliza a eternidade. Aquele que está no começo de tudo, de acordo com o primeiro capítulo do Evangelho segundo São João; e acompanhará tudo até o fim do mundo. Tudo começou a partir “DELE” e tudo se encerrará “NELE”. E não podemos esquecer o livro de Isaías 44:6 - …Eu era o primeiro, e Eu sou o último, e fora de Mim não há Deus.

Para que todos possam acompanhar, vamos fazer a “Dinâmica do Advento” com a Montagem da nossa coroa do advento acompanhada pelo nosso blog “Dinâmicas na Catequese” para a montagem da coroa e do presépio, enquanto que ao mesmo tempo iremos fazer a nossa novena de Natal no nosso blog de “Orações para estar na presença de Deus”. Na verdade não será uma novena de Natal e sim Celebração do Advento.  As postagens serão feitas sempre nos sábados para que possamos rezar juntos com as nossas famílias no domingo. É importante que estas orações sejam feitas em família, pois até mesmo Deus quis uma família para nascer. Convide todos os membros de sua família.


Promoção e sorteio

Na véspera de Natal será sorteado Um Dvd “Jesus amigo da família” - (90 min.) Um Filme lindíssimo, contado pelas crianças que viveram na época de Jesus. Para concorrer é muito fácil: 

Basta CURTIR NOSSA PÁGINA https://www.facebook.com/catequeseedinamica, compartilhar uma postagem dos nossos blogs "DINÂMICAS NA CATEQUESE" ou "ORAÇÕES PARA ESTAR NA PRESENÇA DE DEUS" na sua linha do tempo no facebook dizendo:
"Eu quero participar do sorteio de um dvd 'Jesus, o amigo de família' e estou curtindo a Página https://www.facebook.com/catequeseedinamica" Depois compartilhe na minha linha do tempo 
https://www.facebook.com/OsorioSoaresGomes ou deixe um comentário aqui. 
Leia a matéria completa aqui ►

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Os Frutos do Ano da Fé - Festa de Cristo Rei

No próximo dia 24 de novembro, Domingo de Cristo Rei, será celebrado o encerramento do Ano da Fé. Em muitas igrejas, mais uma vez, as comunidades farão a solene renovação da profissão da fé.Há, nesse ato, uma força testemunhal muito expressiva: de fato, não cremos apenas de modo individual e subjetivo, mas em comunidade, juntamente com muitos outros, que professam a mesma fé. A Igreja é uma grande comunidade de fé, formada de inúmeras comunidades menores e, finalmente, de pessoas, que creem pessoalmente e vivem a comunhão de fé com grande comunidade eclesial.

Na Paróquia de São Sebastião de Ipu o encerramento do Ano da Fé será demostrado de uma forma bem amorosa. Além de nossa Profissão de Fé, iremos realizar uma linda procissão, como nunca se viu no Ipu. Na verdade serão 4 procissões, duas serão acompanhadas pelos Padres Nonato e Elanio, uma acompanhada pelo diácono Lucas e a terceira que sairá do Santuário das Graças será acompanhada pela comunidade Cristo Rei. As procissões serão direcionadas assim: uma saindo da Comunidade joão Paulo II onde estão construindo a capela João Paulo II, outra saindo da comunidade da lagoinha próximo ao escondido, uma terceira saindo do Santuário na Boa Vista e a quarta saindo da igreja de São Vicente e Santa Luiza na mina. As quatro procissões se encontrarão no Patamar da Matriz de São Sebastião para juntos celebrarmos a Festa de Cristo Rei e o encerramento do Ano da Fé. (Catequese Paroquial)

Não cremos sozinhos, mas com a Igreja toda; e cremos como a Igreja crê - a Igreja que vive hoje neste mundo e também a Igreja celeste! São incalculáveis aqueles que viveram esta mesma fé e já nos precederam na “casa do Pai”. Eles são nossos irmãos na fé, testemunhas e exemplos de fé, que continuam a nos ajudar a prosseguir e perseverar no caminho da fé. Estamos, pois em boa companhia e bem amparados!

O Ano da Fé foi uma bênção, pois nos ajudou a tomar consciência renovada da preciosidade da fé da Igreja e da importância de professá-la com convicção e alegria. O Ano da Fé termina, mas a vivência da fé continua; temos agora o nosso compromisso de testemunhar a fé com intensidade e de traduzir q fé em frutos de vida cristã. Não basta ter iniciado bem o caminho: é preciso perseverar nele, para alcançar a meta da nossa fé: a vida eterna e a comunhão plena com Deus.

Primeiros frutos da fé deveriam ser a gratidão e alegria. A fé é um dom precioso, recebido de Deus, e que requer a nossa resposta diária através das atitudes de fé. A fé leva a viver em contínua sintonia e comunhão com Deus e a ter as luzes de Deus (“lumen fidei”), para iluminar todas as circunstâncias da vida. A fé ajuda a discernir para fazer as escolhas certas. Viver a fé é viver unidos a Deus; é viver “por Cristo, com Cristo e em Cristo”, para usar a expressão de São Paulo.

Outra conseqüência do Ano da Fé deverá ser o cultivo da fé. Podemos imaginar a fé como uma planta, que precisa ser cultivada para viver, florescer e produzir frutos. A fé precisa ser alimentada no encontro pessoal frequente com Deus na oração. Sem oração, a fé enfraquece e morre, como a planta, que não recebe água. Alimento essencial da fé é também a Palavra de Deus, acolhida quer na Liturgia, quer em outras ocasiões, como também na leitura pessoal e orante da Sagrada Escritura.

Para crescer e amadurecer, a fé precisa ser esclarecida mediante o estudo; de fato, nossa fé também se expressa em conteúdos e afirmações; não é mero sentimento, mas também afirmação e convicção. Para ter uma compreensão melhor da fé da nossa Igreja, é importante ler e conhecer o Catecismo da Igreja Católica; ele é a explicação que a própria Igreja dá oficialmente sobre os motivos e as bases da nossa fé, sobre seus conteúdos, sobre como a fé é celebrada na Liturgia e nos Sacramentos, sobre as conseqüências da fé para sua vida, mediante a observância dos mandamentos e sobre como a fé é traduzida no testemunho e na vivência diária.

Finalmente, a fé verdadeira produz frutos, que são as “obras da fé”, sem as quais ela seria estéril: “a fé , sem obras, é morta em sim mesma”, afirma S.Tiago. Frutos da fé são as boas obras da justiça, caridade e solidariedade, que revelam a fecundidade e autenticidade da fé. São ainda as virtudes humanas e cristãs, que traduzem o jeito de viver de quem está em sintonia com Deus. É também a prática sincera e perseverante da religião, expressão da adoração e do louvor de Deus.


Leia a matéria completa aqui ►

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Papa Francisco nomeia novo bispo de Crateús (CE)


A nunciatura apostólica no Brasil divulgou na manhã desta quarta-feira, 06 de novembro, que o papa Francisco nomeou monsenhor Ailton Menegussi como bispo da vacante diocese de Crateús (CE), atualmente pároco da Paróquia São Francisco, em Barra de São Francisco, no Espírito Santo.

Monsenhor Ailton nasceu em 1962, em Córrego das Flores – Nova Venécia (ES). Recebeu a ordenação presbiteral em 1998 e exerceu o ministério em diversas paróquias como pároco e vigário episcopal. Também foi reitor do Seminário Maior de Filosofia e Teologia da diocese de São Mateus (2004-2012). Atuou como coordenador diocesano do Serviço de Animação Vocacional (2007-2012), membro do Conselho de Presbíteros (2004-2012). Desde 1996, colabora com a produção da Folha de Culto Diocesano “Celebrando a Vida”. É especialista em Psicopedagogia pela Escola de Formadores de Santa Catarina.
Leia a matéria completa aqui ►