Compartilhe com seus amigos.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Todo aquele que crer em Jesus e segui-lo será chamado filho de Deus.

Encontro de Catequese realizado nos dias 28 de fevereiro e 1 de março – Todo aquele que crer em Jesus e segui-lo será chamado filho de Deus. (Sintetizamos este encontro, mas lembramos que partes como oração, leitura da Palavra deve ser algo muito parecido com os anteriores ou de acordo com a criatividade de cada catequista.)
Objetivo: Ensinar as crianças que não basta ser batizado para ser filho de Deus. O verdadeiro filho é aquele que procura fazer em tudo a vontade do Pai.


Oração inicial – João 17,11-22
Dicas para reflexão – Fomos criados por Deus, à sua imagem e semelhança. Estamos neste mundo por vontade de Deus e nossa missão é transformá-lo em um lugar bom para todos. Sabe o que é mais importante na vida do cristão? A solicitude e o amor de Deus por nós. ELE nos ama tanto que faz tudo para que tenhamos uma vida sem sofrimento. O amor de Deus é intenso, gratuito e incondicional. O amor de Deus mantém as características do amor de mãe, mas em grau infinito. Por isso, temos a certeza de que Ele nunca abandonará seus filhos e manterá para sempre a aliança que fez com o seu Povo. O Criador é Deus que nos ama, gratuitamente, de forma absoluta e eterna – como a mãe ama o filho, mesmo quando ele é rebelde.
 Como cristãos devemos fixar o olhar no essencial da vida, a proposta de salvação/libertação que, em Jesus, Deus fez aos homens. Nos preocupamos tanto com coisas tão relevantes! Porque não nos preocupar com o reino de Deus, já que é o único caminho de SALVAÇÃO! O amor de Deus não é condicional e não espera nada em troca. É este amor desinteressado que temos de testemunhar, gestos de bondade, de amizade, de misericórdia! Tudo isto Jesus nos ensina de uma maneira tão linda quando diz: E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.
Hoje iremos aprender que fomos criados muito parecidos com Deus. Somos chamados a sermos santos 1 Pedro 1,16. Isto não é difícil. O que torna a santidade difícil são as escolhas que fazemos. As pessoas vivem dizendo que são filhos de Deus. Na verdade são, mas não são herdeiros do céu por serem rebeldes. Para ser herdeiro de Deus basta ser discípulo de Jesus. Este é o verdadeiro Filho de Deus. Quando Deus fez o homem a sua imagem e semelhança deu-lhes presentes que não deu a outra criatura: poder, vontade, liberdade e uma alma imortal. Mas Deus não podia deixar o homem com todo poder e ser livre sem ser vítima de suas escolhas. O homem foi feito para amar, adorar, agradecer e louvar a Deus infinitamente. Faz parte da natureza! Quando ganhamos alguma coisa somos gratos! Se o presente for bom pensamos logo em retribuir, faz parte da gratidão. Observe: Se amamos, logo somos amados; Se odiamos, só encontraremos quem nos odeia. Os animais se destacam entre os mansos e os ferozes. Entre os seres humanos não precisa haver esta divisão. Pessoas bravas e humildes podem viver juntas sem haver guerra. Basta querer!
Encontros – Pré - Homem e Mulher, imagem e semelhança de Deus         1ª fase - Viva a Vida! 2ª fase - Deus fez o homem
Fomos criados por amor e para o amor. Amar é a condição irrevogável do homem. Deus é amor e nós somos a sua imagem. Qual o maior anseio do ser humano? Poderia a humanidade sobreviver se não existisse o amor? I Cor 13,4-8 O Homem não vive sem amor assim como não vive sem Deus, porque o homem veio de Deus e para Ele irá voltar. Deus é nosso Pai e Criador II Cor 6,18 Todos nós somos agraciados com uma dádiva infinita; todos temos um Pai, um único, soberano e verdadeiro Pai, que nos gerou à sua imagem e semelhança. Gênesis 1,27. Logo, somos obra das Suas mãos: Isaías 64,8. Nosso Pai nunca nos esquece. Isaías 49:15-16 E para testifica a Sua paternidade Ele nos dá o Seu Espírito, garantindo assim uma herança. Romanos 8:14-17
Oração do Cristão: Perg: 6 e 7
A Palavra de Deus na vida - João 1,1-14 (Leitura Orante)
“Ninguém jamais viu a Deus; o Filho Unigénito que está no seio do Pai no-l’O deu a conhecer” Jo 1, 18. Quem desde o princípio nos dá a conhecer o Pai é o Filho, porque desde o princípio está com o Pai:
Porque a glória de Deus é o homem vivo, e a vida do homem, é a visão de Deus.