Compartilhe com seus amigos.

domingo, 9 de agosto de 2015

Encenação para missa da catequese - Dia dos Pais

19° Domingo do Tempo Comum: Jo 6,41-51 Missa: O pão que desceu do céu

A família transporta Deus

Técnica: Encenação Personagens: Rosinha - Cacau - 1a família - 2a família

Como vimos, hoje, Rosinha, Jesus é o Pão vivo que desceu do céu e veio habitar em nós!
Rosinha: - Isso é muito bonito, né Cacau?
Cacau: - Não existe nada mais bonito do que isso, Rosinha.
Rosinha: - Mas e na prática, Cacau, como é que funciona?
Cacau: - Bom vamos apresentar aqui uma cena típica de família onde o Pai carrega Deus pra sua família. É ele quem faz esse transporte.

1a família - Esse casal vive juntos há 10 anos. Eles se conheceram num grupo de jovens e namoraram por longo tempo, depois noivaram e, quando viram que já estavam maduros suficiente para casarem assim o fizeram. Foi um casamento lindo, tudo feito sob os olhos de Deus. Sempre estavam unidos, rezavam juntos, liam a Bíblia, iam a missa. Deus estava sempre presente. Até que um dia resolveram ter um filhinho (saem e depois voltam com 3 filhos).

Rosinha: - Mas com todo casal é assim, Cacau?
Cacau: - Nem todos. Observa essa outra família.
2a família - Esse casal se conheceu faz pouco tempo num baile desses lá na Florest Game Club. Ele tonto feito um gambá e ela desesperada para casar. Quando se viram (se ele a viu eu num sei) pensaram logo em se casar e num instante lá estavam eles diante do altar.

Quando o homem deu por si e viu aquela mulher, tratou logo de trocá-la por qualquer uma que viesse. E num tinha uma mocinha que escapava, com todas ele mexia.
 
E aí, Rosinha, começou a confusão, a mulher desesperada, quis salvar seu casamento, tratou logo de buscar pra ela uns complementos... (batom, bobs, avental).
E como nada dava certo, ela pensou:
- Que tal arrumar um filho? Assim quem sabe, ela segurava o casamento?

Rosinha: - E por falar nisso, Cacau, o outro casal, como vai?

Cacau - Ah, lá vem o Pai... Ele é o tronco dessa família, é ele quem transporta Deus pra seus filhos. Lá todo „ndo se ajuda. O pai mesmo cansado não esquece sua missão, depois de bem alimentado, acha tempo de montão e ajuda as crianças com amor sua lição. A mãe fica feliz, pois vê no marido o homem certo, o bom, cheio de Deus e sente que sua família só é assim feliz, pois Deus sempre está ali presente no coração de cada um deles. Essa família é o reflexo de Deus, Rosinha, pois eles comungam do Pão da Vida que é Jesus.

Rosinha: - E a outra família, Cacau? Será que eles encontraram o caminho?

2a família - Bom, aí só vendo, né! Lá vêm eles o marido só se preocupa com futebol, quando não é na televisão é ao vivo mesmo, na hora da folga, ele joga um carteado e pra acalmar os ânimos ele toma uma cervejinha.

Tempo pros filhos não tem, tá sempre ocupado, tem muito trabalho, tá sempre cansado!

Tempo pra mulher... o quê é isso? Pra ele mulher é igual piloto só que de fogão... (aquele ditado, né, esquenta a barriga no fogão e esfria no tanque)

A dele, ele acha horrorosa, mas a do vizinho, do primo, do fulano e do sicrano é tudo mulher bonita, que espetáculo.

Rosinha: - Nossa Cacau, mas o que é que falta pra essa família?

Cacau: - Ora, muito simples! Falta Deus, minha filha! Eles não se alimentam do Pão do Céu que é Jesus, só ele tem tudo aquilo que é necessário para uma boa família: paz, alegria, harmonia. Toda família tem seus momentos de dificuldade, mas alimentados por Deus serão sempre abastecidos pela fé novamente e o amor irá sempre ser renovado.

Rosinha: - Mas como é que poderemos salvar essa família porque se assim não o fizermos ela vai ser destruída?

Cacau: - Veja só, Rosinha. A 1a família participa lá na Igreja do Encontro de Casais e ficaram sabendo dos problemas da outra.

O pai então, sentiu que era preciso salvar a outra família e foi de encontro a ela.

Se conheceram e aos poucos foram se entendendo. No começo era tudo difícil, ninguém queria mudar, mas depois de verem o testemunho, como poderiam não se transformar?

O pai levou o outro pra igreja conhecer e ensinou a ele que quem não se alimenta de Deus não consegue caminhar que o pão era um sustento pra nunca desanimar da vida, tudo mudou... Porque só Jesus pode dar vida nova, onde parece que nada mais sobrou.

Rosinha: - Puxa que bonito! Que pai legal, que exemplo a ser seguido! É só através da eucaristia que tudo foi conseguido!

Cacau: - É Rosinha. Tudo isso é muito bonito. Mas bonito nisso tudo é saber que a missa do Pai, que é tão grande, só é completa quando ele entende que só transportando Deus é que a família se entende.

Por isso. queridos Pais, sejam exemplos para seus filhos. Ensine-os a comer do Pão da vida, a viver nos seus exemplos de amor e doação, pois só assim vocês conseguirão completar aqui na Terra a sua missão.

Nossos agradecimentos

Teatro Guilherme Vidigal e Profª Gorete
site da catequese