Compartilhe com seus amigos.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

O ministério do catequista a serviço da Vocação




Quando eu era criança, se meu pai ou minha mãe chamasse, não importa o que estivesse fazendo, tinha que responder.


O papai não falava muito, mas quando falava exigia resposta. Às vezes falava com carinho; às vezes falava severo; às vezes, um gesto; às vezes, um olhar. Quando meu Pai me chamava eu sabia que tinha que responder! Se não respondesse tinha que arcar com as consequências. Meu Pai me ensinou que quando alguém chama ou pergunta, é porque precisa de uma resposta.  A vocação é a mesma coisa. Deus chama e nós temos que responder. Quando nos calamos, deixamos de fazer algo que pode influenciar na felicidade de muita gente, inclusive na nossa.

A criação de Deus é perfeita. O homem é perfeito. O que não é perfeito é o raciocínio lento de muita gente. Deus fez o homem a sua imagem e semelhança. ( Gn 1,26) Se somos a sua imagem e semelhança, porque nossos atos são tão diferentes? Deus nos deu poder! Ele fez o primeiro Homem e deu ao homem o poder de fazer o mesmo! Colocou no homem dons e talentos para que o homem possa continuar a sua obra. Vejamos como deve ser o homem:
 
Deus é amor, aquele que não ama não conhece a Deus, e quem ama e permanece no amor, permanece em Deus e Deus nele (1 Jo 4,8. 16.)
Vós sois a luz do mundo. Assim, brilhe vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem vosso Pai que está nos céus.(Mt5, 14. 16.) Eu sou a luz do mundo; aquele que me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida.(Jo 8,12)
Portanto, sede perfeitos, assim como vosso Pai celeste é perfeito.( Mt 5,48)
Acho que não preciso continuar! A expressão "tal pai, tal filho", deve entrar aqui. Sei que não é fácil mais não é impossível.  O catequista tem que ser igual a Deus. Você conhece bem um espelho? Tenho certeza que as mulheres conhecem; passam horas e horas em frente do espelho fazendo retoques na maquiagem, colocando uma roupa diferente, mudando o penteado... O espelho reflete a imagem fiel, embora invertida, da pessoa que está na sua frente. Embora também sejamos uma imagem inversa pois Deus é Santo e nós pecadores, deveríamos sempre fazer retoques na maquiagem do nosso coração ( Amar... quem ama quer estar presente... quer participar de sua vida... ) 1Cor.13. A nossa roupa também deveria ser trocada de vez em quando. (Renunciai à vida passada, despojai-vos do homem velho. Renovai sem cessar o sentimento da vossa alma, e revesti-vos do homem novo, criado à imagem de Deus, em verdadeira justiça e santidade.) Ef 4, 22-24.

Somos, portanto, chamados a perfeição tal qual é perfeito o Pai que está no céu. recebemos de Jesus uma missão que é imprescindível:  fazer com que todos os povos da terra se tornem discípulos de Jesus, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a obedecer a tudo quanto Jesus ensinou.  Nosso dever é catequisar, ensinando tudo o que aprendemos do mestre.
 
Concluindo, Cada ser humano, portanto cada catequista foi desejado, criado, moldado para ser uma imagem perfeita de Deus. Agora é a sua vez. Tudo depende de você. Você deve ser a cara do Pai.

“Ide, pois, fazer discípulos meus entre todas as nações; batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinai-as a observar tudo o que vos prescrevi. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo” ( Mt 28, 19-20).