Compartilhe com seus amigos.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Primeira Eucaristia no dia da Imaculada Conceição

         Dia 8 de Dezembro de 2016, dia em que a igreja celebra a Imaculada Conceição, a Paróquia São Sebastião de Ipu celebra a Festa da Primeira Eucaristia de suas crianças, dentro do processo de Iniciação a Vida Cristã. Estas crianças passam 3 anos na catequese, com poucas exceções. O resultado é positivo, pois ao termino de cada turma contamos com crianças desejosas de continuar a servir sua igreja como discípulos mirins, quer seja na IAM (Infância e Adolescência Missionária), quer seja na própria catequese. Abrimos espaços para que elas possam ser catequistas mirins ou, ajudantes de catequese, a começar pela pré catequese, trabalhando com crianças de 7 anos.
São 31 Centros Catequéticos espalhados por toda a Paróquia. São 178 Catequistas, trabalhando de dois em dois assim como o Senhor Jesus ensinou. Ao todo acolhemos mais de 1000 crianças nas 3 fases durante o ano. Nesta festa trouxemos 328 crianças para fazerem sua Primeira Comunhão.

Foi uma festa maravilhosa. No Ano Santo da Misericórdia Divina, vimos as crianças bem celebrarem com pouca intervenção de adultos. Os catequistas estavam ao lado só para auxiliarem, mas não precisava interferirem em nada. Tudo isto são os frutos colhidos de uma catequese que inicia-se Aos 7 anos, aos 8 fazem o seu Rito de Admissão na Igreja com a acolhida do próprio Pároco, no encerramento do segundo ano faz o Rito de Passagem recebendo da Igreja o Credo e fazendo junto com os Pais a sua Profissão de Fé e, aos 10 anos se encontra com Jesus Eucarístico pela primeira vez na Festa da Imaculada. Durante os dois últimos anos de preparação, os que frequentam a catequese no centro da cidade, participam da missa da catequese que acontece todos os sábados as 16 horas na Capela da Medalha Milagrosa de Nossa Senhora. Esta missa é solenizada pelas próprias crianças, que já fizeram sua primeira Eucaristia e outras que estão se preparando. Isto facilita a catequese.

A 10 anos ajudo a coordenar a catequese e sempre temos dificuldades com os cânticos pois, apesar de serem cânticos bonitos são muito difíceis de cantar. Com a força do Espírito Santo, aos poucos viemos corrigindo os erros cometidos nos outros anos. Agora podemos agradecer esta força incrível, manifestada nas crianças.

            Ainda está longe de fazermos a vontade de Deus, mas já posso dizer: Muito obrigado Senhor, por me deixar tentar. É muito gratificante ser catequistas. Não tenho as palavras certas para agradecer.
            A Celebração Eucarística foi Presidida pelo Pároco, Padre Raimundo Nonato e có-celebrada pelo Vigário Episcopal, Padre Lucas.