Compartilhe com seus amigos.

domingo, 31 de janeiro de 2016

O que é catequese.

A palavra catequese vem do latim “Catechese” e do grego “ katéchesis”, e significa: “Instrução metódica e oral sobre coisas religiosas ou Doutrinação”. Se pesquisarmos mais a fundo descobriremos que catequizar é: Doutrinar sobre questões sociais… Procurar convencer; aliciar… Introduzir no conhecimento ou na participação de alguma coisa; iniciar. Neste caso, catequese é o ato ou efeito de iniciar alguém em uma determinada doutrina.
Se catequese significa instrução do latim instructione , então catequese também é passar conhecimentos adquiridos; cultura, saber, ciência… Catequese aqui significa ensinar a viver baseado em conhecimentos adquiridos ao longo dos anos. Os povos sempre fizeram catequese passando seus conhecimentos e culturas, transmitindo à novas gerações, suas crenças e suas descobertas, contando as histórias de seus antepassados e como fizeram para progredirem e viverem melhor. Em outras palavras Catequese também é história.


Muita gente pensa que história é coisa de escola, uma matéria que obriga a decorar nomes, datas... Mas história é muito mais que isso. Quer ver? Toda pessoa tem sua história. Você conhece a sua história? Experimente, na sua família ou com seus colegas, fazer uma rodada de recordações. Vão aparecer histórias novas e antigas, alegres e tristes. Alguns fatos lembrados até ajudam a esclarecer dificuldades de hoje. A história vem do grego historía, pelo latim historia e significa: Narração ordenada dos acontecimentos extraordinário ocorridos na vida dos povos, em particular, e na vida da humanidade, em geral de acontecimentos, de ações, e de uma forma cronologicamente dispostos. É relembrar fatos importantes da vida, que nos ajudam a entender o presente e a agir melhor. É importante recordar a história da nossa própria vida, da nossa família, da comunidade, do povo... Conhecendo a história de alguém, aprendemos a respeitar seu jeito de ser e de pensar. Aprender e ensinar história nos faz mudar nosso jeito de encarar as situações.
O povo esta perdendo suas raízes, suas crenças e suas culturas. Não se contam mais histórias de pai para filho, e catequese perdeu seu verdadeiro sentido. Hoje, para muitos catequese é ensinar doutrina de uma determinada religião…
A Bíblia é a história de um encontro entre um Pai-Deus e seus filhos. Esse encontro não se deu de uma só vez. Foram várias etapas, como: a libertação dos Israelitas que eram escravo no Egito… a busca da terra prometida, onde todos teriam direito a trabalhar e a viver… a opressão do povo pelos reis em sua própria terra e por impérios estrangeiros… a resistência sob a liderança dos profetas, que relembravam ao povo o momento mais forte da história toda, a libertação do Egito.


Se você prestar atenção, acabamos de contar parte da história do povo hebreu que a fonte histórica foi a Bíblia, e ao mesmo tempo fizemos catequese. Deus é o Deus da vida. Ele está presente nas lutas, e dificuldades do dia-a-dia, amparando e guiando-nos para a libertação total. Deus é o Deus da história. E o que fizemos aqui? Fizemos catequese. Portanto meu irmão não esqueça a sua história, conte para seus filhos, netos, bisnetos... você estará fazendo uma ótima catequese e ao mesmo tempo escrevendo sua história nas páginas da vida dos seus filhos, netos... Osorio Soares.


Visite o Site da nossa Paróquia
Visite tambem a nossa Catequese
Leia a matéria completa aqui ►

Projeto da Catequese de Ipu para 2016

A FAMÍLIA: é o berço da fé, o qual deve favorecer o desabrochar das dimensões da vida cristã.
A CATEQUESE: desenvolve a fé inicial do batismo até à maturidade, cuja medida é Cristo.
A Família é chamada a ser o Santuário da Vida e por isso é o lugar privilegiado para exalar o amor. Sabemos que a família hoje vive as ameaças da sociedade influenciada pelo consumismo, relativismo, ateísmo, individualismo, utilitarismo, subjetivismo e hedonismo (culto ao prazer).
O mundo hoje é plural, mas também fragmentado. As ciências e as tecnologias se desenvolveram tanto que acabam passando por cima dos princípios da ética e da religião. E quem acaba sofrendo os impactos da sociedade pós-moderna é a família que vive mergulhada num mundo secular cheio de dramas. As pressões do mundo globalizado são tantas que a família fica num beco sem saída. As pessoas falam tanto em religião mas querem ser igreja a sua maneira.
Diante destas e de tantas outras realidades queremos em 2016 aproximar a família da igreja tendo como base a educação da fé de seus filhos.
Desde 2014 implantamos na Paróquia o processo de iniciação a vida cristã das crianças:
  Desejamos aperfeiçoar o processo dentro do esquema litúrgico da igreja para 3 anos: A, B e C.
Leia a matéria completa aqui ►

Espiritualidade da catequese

Desta forma, a espiritualidade da catequese brota da vida em Cristo, que se alimenta na ação litúrgica e se expressa a partir da própria atividade de educadora da fé, da mística daquele que está a serviço da Palavra de Deus. É uma espiritualidade bíblica, litúrgica, cristológica, trinitária, eclesial, mariana e encarnada na realidade do povo. DNC 13
Desde 2014 a Catequese Infantil da Paróquia do Ipu vem desenvolvendo o Processo de Iniciação a Vida Cristã, apelo da igreja no brasil (Diretório Nacional de Catequese - 2005, Documento de Aparecida 2007, o Estudo da CNBB 97, Iniciação à Vida Cristã, fruto da última Assembleia e lançado durante a III SBC em 2010, DGAE 2011-2015 e 2015-2019 Igreja: casa da Iniciação à vida cristã). Neste processo, vivemos a espiritualidade pascal, ao longo do ano litúrgico, como caminho de inserção gradativa no mistério pascal de Cristo, a espiritualidade penitencial ou de conversão mediante a celebração do sacramento da Reconciliação. DNC 122; DNC 49; RICA 8

A grande maioria de nossos catequistas é constituída de leigos, sobretudo mulheres. Levando em conta a sua realidade de leigo, buscamos despertar também uma espiritualidade própria, o engajamento familiar, comunitário, social, político... DNC 258.  Transformando-os em  pessoas de espiritualidade, que quer crescer em santidade. O catequista coloca-se na escola do Mestre e faz com Ele uma experiência de vida e de fé. Alimenta-se das inspirações do Espírito Santo para transmitir a mensagem com coragem, entusiasmo e ardor. “Esta é a vida eterna: que conheçam a ti, o Deus único e verdadeiro, e a Jesus Cristo, aquele que enviaste” (Jo 17,3). Nutre-se da Palavra, da vida de oração, da Eucaristia e da devoção mariana. Falará mais pelo exemplo do que pelas palavras que profere (cf. CR 146). A verdadeira formação alimenta a espiritualidade do próprio catequista, de maneira que sua ação nasça do testemunho de sua própria vida. DNC 264. 
Leia a matéria completa aqui ►

Finalidade e Tarefas da Catequese

                1  A Finalidade da Catequese é aprofundar o primeiro anúncio do Evangelho, levando o catequizando a conhecer, acolher, celebrar e viver o Mistério de Deus manifestado em Jesus Cristo. Buscamos formar comunidades catequizadoras, fonte viva da fé na vida do povo conservando a memória de Jesus, suas palavras, gestos, oração e compromisso com o Reino e principalmente a opção preferencial pelos pobres. Desenvolvemos o processo de educação da fé através de três elementos: o catequizando, a caminhada da comunidade e a mensagem evangélica (cfr. CR 155 e 185).
Nós catequistas somos formadores de discípulos missionários do senhor Jesus.

  1.2 TAREFAS DA CATEQUESE
1.2.1 Ensinamento da Fé: introduzir o cristão no conhecimento de Jesus, das escrituras sagradas, da Igreja, da tradição e das fórmulas da fé, em especial o credo apostólico.
1.2.2 Iniciação Litúrgica: introduzir o cristão no significado e participação ativa, consciente e plena dos mistérios sacramentais, celebrações, sinais, símbolos. Ritos, orações e outras formas litúrgicas.
1.2.3 Formação Moral: educa a consciência, atitudes, espírito e projeto de vida segundo proposta de Jesus. As bem-aventuranças e os Mandamentos fazem parte do conteúdo essencial, da educação ética e moral, tanto pessoal como social para atitudes cristãs, como discípulos e discípulas de Jesus. O sacramento da Penitência contribui para a formação moral - coerência de vida.
1.2.4 Vida de Oração: ensina a rezar por, com e em Cristo, com a mesma disposição com as quais Ele se dirige ao Pai: adoração, louvor, agradecimento, confiança, súplica e contemplação. O Pai Nosso é o melhor modelo da oração cristã.
1.2.5 Vida Comunitária: cuida com carinho da dimensão fé e vida em comunidade ensinando: simplicidade humildade, zelo pelos pequeninos, atenção para os que erram, correção e amor fraterno, oração em comum e partilha de bens.
1.2.6 Testemunho: tem como missão levar à sociedade a revelação no mistério do Verbo de Deus encarnado através do testemunho de santidade.

1.2.7 Missão: Ter viva a consciência de que o que o Senhor pregou deve ser proclamado e espalhado até os confins da Terra (DGAE 25). Portanto a Catequese deve iniciar o cristão à Missão sem fronteiras como parte essencial da vocação cristã.
Leia a matéria completa aqui ►

Objetivos da catequese

A Catequese da paróquia do Ipu é um dos meios pelo qual Deus se manifesta às pessoas. Através de um processo de educação da fé para a vida em comunidade, a catequese transmite a fé ensinada pela igreja. O catequista é um porta-voz da Igreja e da Comunidade (cfr. CR 145).  Ela também é um processo dinâmico, integral, orgânico e sistemático da fé na vida do cristão, pois possibilita a integração da criança em uma comunidade cristã.

Promovendo um encontro com Jesus Cristo em uma experiência evangélica, celebrando e alimentando a fé na liturgia, ela fornece uma formação de base essencial centralizada na Páscoa de Jesus: a fé orada, celebrada e vivida.

A catequese desenvolve um compromisso missionário à ação do Espírito Santo para o estabelecimento do Reino de Deus no coração das pessoas.

Nós catequistas, procuramos despertar o compromisso com a ação sócio transformadora à luz da Palavra de Deus e dos ensinamentos da Igreja. Desde 2010 buscamos expressar  a alegria de sermos discípulos do Senhor e de termos sido enviados com o tesouro do Evangelho. Sabemos que ser cristão não é uma carga, mas um dom: Deus Pai nos abençoou em Jesus Cristo seu Filho, Salvador do mundo. (DA 23)
Leia a matéria completa aqui ►

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Homenagem pelas bodas de Prata do Padre Nonato



Nossa sincera homenagem pelas bodas de prata do Padre Raimundo Nonato. Sabendo do seu amor pelas crianças, nada melhor do que ouvir da voz delas, estas palavras em forma de prece melodiosa. A música é do Padre Adriano e ministério Dom e Missão, sendo que os dois últimos versos foram feitos pelo coordenador de catequese da Paróquia do Ipu, em homenagem ao seu Pároco.

As crianças da Catequese homenageiam o nosso Pároco pelos seus 25 anos de Ordenação Sacerdotal.

Posted by Catequese da Paróquia de Ipu on Segunda, 4 de janeiro de 2016
Leia a matéria completa aqui ►